Homem de 59 anos morre após discutir sobre futebol em bar de Onça de Pitangui

Uma equipe policial esteve, na noite de domingo (28), na Rua Gustavo Capanema, Centro de Onça de Pitangui, onde ocorreu uma briga entre um homem e três pessoas de uma mesma família.

No local, populares informaram aos policiais que as partes envolvidas já haviam sido socorridas à Santa Casa de Pitangui, para onde os militares se dirigiram.

Uma das envolvidas, uma jovem de 24 anos, relatou que estava em sua casa quando chegaram ao imóvel, seu pai de 59 anos, e seu irmão de 26 anos. Logo após chegou ao local um homem de 37 anos, bastante exaltado e portando uma faca nas mãos, fazendo ameaças ao pai dela.

Ainda segundo a jovem, o homem passou a chutar o portão da residência e em determinado momento conseguiu arrombá-lo e entrou no quintal da casa, caminhando em direção ao seu pai com a faca.

Neste instante, ela e seu irmão entraram em luta corporal com o agressor, em defesa do pai, momento em que ela sofreu cortes da faca nos dedos de uma das mãos.

A jovem contou ainda que todos, inclusive seu pai, caíram no chão e o agressor de 37 anos acabou caindo sobre a faca que portava, se ferindo. Ela disse que o pai começou a passar mal, sendo socorrido à Santa Casa de Pitangui.

A médica plantonista disse que o homem de 59 anos deu entrada no hospital apresentando um corte superficial no tórax, com ausência dos sinais vitais, sendo feitas manobras de ressuscitação, mas infelizmente veio a óbito.

Segundo os filhos, ele tinha histórico de problemas cardíacos, tendo sido operado, o que podia ser comprovado pela grande cicatriz de operação no tórax e passou mal durante a briga, o que pode ter contribuído para o falecimento.

A médica também disse que o autor de 37 anos apresentava três cortes causados por objeto cortante na região dorsal, que estava estável mas iria ser transferido para o Hospital Nossa Senhora da Conceição em Pará de Minas, para avaliação quanto a cirurgia.

Segundo relatos do filho do homem de 59 anos, no início da desavença, ele estava com o pai em um bar, quando o homem de 37 anos entrou em atrito com eles, devido a assuntos de futebol, momento em que o homem saiu do local dizendo que iria buscar uma arma ou algo parecido, em tom de ameaça ao pai. Depois o autor chegou na casa da vítima, exaltado, quando ocorreu a luta corporal entre os envolvidos. Tais informações, bem como o histórico anterior de cirurgia cardíaca da vítima, foram confirmadas por testemunhas.

O autor de 37 anos recebeu voz de prisão, permanecendo em escolta no Hospital Nossa Senhora da Conceição, onde ficou internado.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!