Polícia Militar escolta carretas de alimentos e insumos para abastecer estabelecimentos de Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


A maior parte da economia do município de Pará de Minas é sustentada pelo agronegócio e por isso é importante abastecer as propriedades rurais. São muitas granjas e pocilgas que produzem aves e suínos para todo o país.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A paralisação dos caminhoneiros impediu que insumos chegassem às localidades. Milhões de frangos e suínos morreram por falta de ração em todo o Brasil e os prejuízos são incalculáveis. A produção está seriamente afetada na região.

Os produtores de leite também amargam sérios prejuízos e muitos tiveram que jogar o produto fora. As cenas de desperdício do alimento foram impactantes porque as gôndolas de supermercados estão esvaziando.

Nesta terça-feira, 29 de maio, uma operação foi montada pela 7ª Região da Polícia Militar, sediada em Divinópolis. Foram traçadas estratégias para manter a ordem pública e auxiliar no transporte de mercadorias.

De acordo com o tenente Salomão Rodrigo Clide de Sena Silva, chefe da Seção de Comunicação da 19ª Companhia Independente da Polícia Militar, foram realizadas muitas escoltas com carregamentos de alimentos:


Salomão Rodrigo Clide de Sena Silva
escoltastenentesalomao1

O trabalho de acompanhamento das viaturas aos veículos de cargas foi planejado pelo comando. Todos os esforços estão sendo feitos para que o escoamento dos produtos essenciais aconteça a contento:

Salomão Rodrigo Clide de Sena Silva
escoltastenentesalomao2

Os postos de combustíveis de Pará de Minas continuam sem gasolina, álcool e óleo diesel. Os empresários já solicitaram a Polícia Militar para ajudar no transporte da refinaria em Betim até os estabelecimentos da cidade.

PUBLICIDADE