Galo bate o Corinthians no Horto e sobe para 3º no Brasileirão

Foto: Divulgação/Atlético-MG

A Massa Atleticana fez a festa neste domingo, na Arena Independência, onde o Galo, com grande atuação, venceu o Corinthians por 1 a 0, conquistando a segunda vitória consecutiva no Campeonato Brasileiro. O gol foi marcado aos 41 minutos do segundo tempo, por Róger Guedes, que também teve um gol mal anulado na etapa inicial.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O Atlético dominou totalmente o time paulista durante os 90 minutos. Com o resultado, o Galo chegou a seis pontos na tabela de classificação, mesma pontuação do segundo colocado e um ponto a menos que o líder.

O Atlético volta a campo nesta quarta-feira, às 19h30, novamente no Horto, desta vez para enfrentar a Chapecoense, no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

Pelo Brasileirão, o adversário da próxima rodada é o São Paulo, sábado (5/5), às 19h, no Morumbi, em São Paulo.

O JOGO

O Galo foi ao ataque pela primeira vez na boa jogada de Róger Guedes pela esquerda e o cruzamento do atacante atleticano foi cortado pelo zagueiro. No ataque seguinte, Fábio Santos cruzou pela esquerda e o goleiro Cássio saiu para afastar o perigo. No rebote, Patric tentou de cabeça e a bola saiu por cima do gol.

Ricardo Oliveira sofreu falta na intermediária, aos 19 minutos, Otero fez a cobrança e a bola explodiu no travessão. Aos 23, Patric recebeu lançamento em posição legal pela direita e o auxiliar marcou impedimento inexistente do lateral.

Aos 35 minutos, Luan tentou de longa distância, a bola sobrou para Otero e o venezuelano exigiu boa defesa do arqueiro corintiano.

Em lance de raça, Patric salvou bola quase perdida pela direita, aos 37 minutos, e conseguiu escanteio, Otero cobrou, Gabriel desviou de cabeça, Ricardo Oliveira tentou completar, a bola pegou na trave e sobrou para Róger Guedes mandar para o fundo da rede. O gol, no entanto, foi anulado pelo árbitro após consulta ao assistente adicional, alegando toque de mão de Ricardo Oliveira e causando a revolta da torcida.

Aos 46, Luan tentou chute colocado e Cássio fez a defesa. O Atlético ainda teve uma última chance no escanteio pela direita cobrado por Otero, mas a bola atravessou a grande área.

O Atlético voltou para o SEGUNDO TEMPO com a mesma formação. Já nos primeiros instantes, Luan arriscou finalização da entrada da área e a bola saiu por cima do gol.

No ataque seguinte, Otero chutou de fora da área e Cássio fez boa defesa, cedendo escanteio. O venezuelano cobrou o tiro de canto pela direita e a bola pegou na rede pelo lado de fora.

Aos seis minutos, Otero foi à linha de fundo pela esquerda e cruzou para o corte da zaga. Na continuação da jogada, Fábio Santos entrou driblando na área e foi desarmado. Em seguida, Ricardo Oliveira recebeu lançamento na grande área pela esquerda e Cássio saiu bem do gol para desarmar o artilheiro atleticano.

O Galo seguiu pressionando no cruzamento de Otero pela direita, Ricardo Oliveira tentou ajeitar a bola e a defesa fez a interceptação. Aos 13, Patric cruzou pela direita e a defesa paulista fez o corte novamente. Em seguida, Gustavo Blanco cruzou pela direita, Ricardo Oliveira foi derrubado por Balbuena e pediu pênalti, mas a arbitragem nada marcou.

O Corinthians finalizou aos 14 minutos, com Rodriguinho, para fora. Três minutos mais tarde, Otero cobrou escanteio pela direita e a bola foi com muita força, saindo pela linha de fundo. O Atlético tentou novo cruzamento, desta vez com Fábio Santos, e a defesa fez o corte pelo alto.

Aos 19 minutos, Victor fez boa defesa no arremate de Emerson Sheik. No contra-ataque, Róger Guedes disparou pelo meio e chutou de fora da área, mas a bola desviou no zagueiro.

Ricardo Oliveira tabelou com Róger Guedes pela esquerda, aos 21 minutos, e chutou cruzado para a defesa de Cássio. Otero cobrou escanteio pela direita e a bola ficou viva na área até o corte da zaga.

O Atlético dominava totalmente a partida, Luan tomou a bola na entrada da área, finalizou e a bola desviou em Henrique. Logo depois, Ricardo Oliveira recebeu passe na grande área pela esquerda e foi travado ao tentar o cruzamento.

Aos 29 minutos, Otero cobrou falta e Maycon parou a bola com a mão. O venezuelano cobrou a nova falta, desta vez mais perto da área, e a bola desviou na barreira. Aos 33, Róger Guedes cabeceou para fora depois do cruzamento de Blanco pela direita.

Gustavo Blanco avançou pela direita, aos 35, e mandou a bola no travessão. A pressão atleticana era total. Aos 37, Otero foi à linha de fundo pela direita, cruzou e a bola atravessou a pequena área.

Thiago Larghi fez três mudanças de uma só vez. Matheus Galdezani, Elias e Alerrandro entraram em campo, substituindo Bremer, Gustavo Blanco e Luan, respectivamente.

O caldeirão do Horto ferveu aos 41 minutos, quando Patric cruzou pela direita e Róger Guedes, de peito, completou para o gol: Galo 1 x 0.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO 1 x 0 CORINTHIANS

Motivo: Campeonato Brasileiro (3ª rodada)
Data: 29/04/2018
Hora: 16h
Estádio: Arena Independência
Cidade: Belo Horizonte (MG)
Gol: Róger Guedes (41’/2ºT)
Público: 19.825
Renda: R$ 598.085,00.
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (FIFA/PA)
Auxiliares: Hélcio Araújo Neves (CBF/PA) e Heronildo S. Freitas da Silva (CBF/PA)
4º Árbitro: Luis Diego Nascimento Lopes (CBF/PA)
Assistentes adicionais: Djonaltan Costa de Araújo (CBF/PA) e Wesley do Couto Leão (CBF/PA)
Cartões amarelos: Adilson, Ricardo Oliveira, Róger Guedes (Atlético); Romero, Gabriel (Corinthians)

Atlético
Victor; Patric, Bremer (Matheus Galdezani), Gabriel, Fábio Santos; Adilson, Gustavo Blanco (Elias), Luan (Alerrandro), Otero, Róger Guedes, Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi.

Corinthians
Cássio; Fágner (Mantuan), Balbuena, Henrique, Sidcley; Gabriel, Maycon, Mateus Vital, Rodriguinho (Marquinhos Gabriel), Romero, Clayson (Emerson Sheik). Técnico: Fábio Carille.
Com site do Atlético-MG

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!