Federação Italiana prevê jogo de abertura da Eurocopa com público

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O presidente da Federação Italiana de Futebol (FIGC), Gabriele Gravina, afirmou que o jogo de abertura da próxima Eurocopa, programado para o estádio Olímpico de Roma, terá a presença de torcedores.

O torneio, que foi adiado no ano passado por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19), terá início no dia 11 de junho, quando a Itália recebe a Turquia.

“Tenho certeza de que iniciaremos a Eurocopa em Roma e que o faremos com a presença de público no estádio”, afirmou Gravina em coletiva de imprensa.

“Ainda não sei quantos espectadores haverá, mas com certeza haverá público”, declarou o dirigente.

A Itália é uma das 12 sedes da Euro, e os planos para que o torneio de um mês de duração aconteça como concebido originalmente são questionados porque a covid-19 continua a se disseminar no Velho Continente.

Em janeiro, após uma reunião com os países-sede, a Uefa afirmou que mudou o prazo final para que as federações submetam seus planos de acomodação de torcedores nos estádios para o início de abril.

“Investimos dois anos de trabalho duro, e estamos convencidos de que até 7 de abril teremos respostas para apresentar à Uefa, que não poderá ignorá-las”, acrescentou Gravina.

Ainda nesta sexta-feira, a FIGC anunciou que a Itália programou amistosos de preparação para a Euro 2020 contra San Marino e República Tcheca. Além da Turquia, os italianos enfrentam Suíça e País de Gales no Grupo A. Com Agência Brasil/Reuters

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!