Em apresentação, Rômulo destaca experiência para contribuir com o Cruzeiro

Confirmado como o mais novo reforço do Cruzeiro para esta temporada, o volante Rômulo foi apresentado oficialmente como jogador cinco estrelas nesta segunda-feira, na Toca da Raposa 2. O atleta, que vem de passagens de sucesso no futebol italiano nas últimas temporadas, assinou com o Clube Celeste por três temporadas.

Depois de passar por exames médicos, Rômulo já foi a campo para o primeiro contato com seus companheiros de equipe. Um deles é o goleiro Fábio, com quem o reforço nutre uma relação de amizade iniciada entre 2010 e 2011, período em que o volante vestiu o manto azul e branco pela primeira vez.

Segundo Rômulo, a proximidade com o arqueiro estrelado foi um dos fatores que o levaram a aceitar o desafio de defender novamente a camisa cruzeirense.

“Foi bem fácil a volta ao Cruzeiro. Tudo começou com uma conversa de amigos entre o Fábio e eu, e ele me explicou toda a situação do clube. Me coloquei à disposição para voltar e fazer parte da reestruturação do Cruzeiro. A partir de então o Fábio entrou em contato com os diretores do Cruzeiro, que fizeram contato comigo em uma conversa bem franca. Me apresentaram o projeto do Cruzeiro, todos os problemas enfrentados nos últimos anos, e me mostraram as perspectivas futuras, onde todos aqui estão imbuídos em reestruturar o Cruzeiro e fazer com que ele volte à elite do futebol para brigar por títulos. Fiquei super feliz de voltar após dez anos e vou fazer de tudo para que o Cruzeiro volte a ser o que sempre foi”, declarou.

Em sua primeira passagem pelo Cruzeiro, Rômulo atuava como lateral direito, posição que o novo reforço abandonou quando foi jogar no futebol europeu. Ele explicou, porém, que já tinha sido volante quando iniciou sua carreira no futebol.

“Quando saí do Brasil eu atuava como lateral direito, e na Itália o lateral direito é praticamente um quarto zagueiro. Pelas minhas características, logo optaram por me colocar como volante, posição que atuei nas categorias de base, e tive uma adaptação bem fácil. Volto ao Cruzeiro e ao Brasil para exercer a função que estava exercendo nos últimos anos, no meio-campo como volante”, destacou.

Voltando ao Cruzeiro depois de 10 anos, Rômulo relembra com carinho os jogos que disputou pela Raposa. Ele relembra que na época disputou poucas partidas em razão de um concorrente de destaque em sua posição e revela o quanto a experiência obtida nos últimos anos o ajudará a brigar por uma vaga no time do técnico Felipe Conceição.

“Na minha primeira passagem pelo Cruzeiro eu era muito novo. Foi meu primeiro clube de expressão. Fiz grandes amizades aqui e considero que, dentro de todas as circunstâncias, tive uma passagem boa. Fomos vice-campeões Brasileiro e vencemos um Campeonato Mineiro. Não tive muito espaço na época pois o Cruzeiro tinha um grande lateral direito, que era o Jonathan, mas quando tive oportunidades fiz bons jogos. Graças a Deus consegui amadurecer bastante, evoluir como pessoa, como profissional e como ser humano, e tenho certeza de que nesta segunda passagem vamos ter um grande sucesso, seguindo todos juntos em um só objetivo”, disse.

Sobre suas condições físicas, Rômulo destacou que, se for preciso, já pode entrar em campo para ajudar o Cruzeiro em seus objetivos. Ele ressaltou, porém, o período de adaptação necessária para que esteja à disposição em todos os compromissos da Raposa.

“Fisicamente estou muito bem. Sempre me cuidei muito como atleta e estou pronto para jogar. Se tiver que jogar amanhã os 90 minutos estou pronto, mas claro que sempre tem uma adaptação. O importante é que meu físico está bem e estou disponível assim que o clube precisar”, finalizou. Com site do Cruzeiro

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!