Pesquisadores dizem ter encontrado vírus semelhante ao coronavírus em pangolins malaios

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Pesquisadores chineses afirmam ter encontrado vírus semelhantes ao novo coronavírus em pangolins malaios, e que esses mamíferos podem estar desempenhando um papel importante na disseminação do vírus.

Os pesquisadores são da Universidade de Hong Kong e da Universidade Médica de Guangxi. Eles divulgaram, na quinta-feira, sua descoberta no periódico científico britânico Nature.

Eles analisaram vírus em 31 pangolins malaios, que tinham sido capturados em operações para combater contrabando na China entre 2017 e 2019. Pangolins vivem no sudeste asiático.

Os pesquisadores descobriram vírus semelhantes ao novo coronavírus em 8 dos animais analisados. Eles afirmaram que a sequência do genoma do vírus é 85 a 92 por cento idêntica ao do novo coronavírus que causa a Covid-19.

Pesquisas anteriores haviam indicado que o novo coronavírus podia ter se originado de morcegos. Contudo, os pesquisadores chineses afirmam que suas descobertas sugerem que pangolins deveriam ser considerados “possíveis hospedeiros para o aparecimento de novo coronavírus”. Com informações da TV NHK do Japão

PUBLICIDADE
Don`t copy text!