Países da Europa ajudam a tratar pacientes de outras nações atingidas pelo coronavírus

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Países europeus têm trabalhado em conjunto para conter o salto no número de infecções do coronavírus no continente, com pacientes em estado grave sendo transportados para outras nações ou regiões com menos casos.

O número total registrado até ontem (28) ultrapassou 92 mil na Itália, 72 mil na Espanha e 37 mil na França. Mais de 10 mil pacientes morreram no território italiano.

Os sistemas de saúde do norte da Itália e do leste da França têm sofrido para lidar com o aumento acentuado no número de pacientes em condições delicadas. Autoridades francesas têm usado aeronaves militares e trens expressos para transportar pacientes para o sul e oeste do país, áreas com um número menor de infecções registradas.

No sábado, aviões militares da Alemanha transportaram seis pacientes do norte da Itália para a cidade alemã de Colônia, no oeste alemão. Suíça e Luxemburgo também receberam pacientes em estado grave oriundos da Itália e da França. Com informações da TV NHK do Japão

PUBLICIDADE
Don`t copy text!