Fabricantes de carros mobilizados para produção de respiradores artificiais

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O número crescente de casos de coronavírus nos Estados Unidos levou a uma séria falta de respiradores artificias para uso dos pacientes em estado crítico. Agora, alguns dos principais fabricantes de carros estão se empenhando para aumentar a produção desses dispositivos.

A Ford Motor declarou que vai deixar que a General Eletric use a linha de produção da companhia para a fabricação de tais aparelhos. O fabricante de carros está também produzindo protetores faciais de plástico para os trabalhadores do setor de saúde.

A General Motors vai ajudar uma companhia de produção de respiradores artificiais a acelerar sua produção através da obtenção de materiais para os dispositivos. Ela também vai enviar seus engenheiros para prestar ajuda.

O CEO da Tesla, Elon Musk, colocou no Twitter que vai reabrir a fábrica da companhia em Nova York para a fabricação desses equipamentos.

Enquanto isso, no Reino Unido, o governo está solicitando ao setor manufatureiro a ajudar na preparação de assistência em meio a uma possível alta de novos casos.

O fabricante de aspiradores de pó, Dyson, teria respondido a uma conclamação para a produção de 10 mil desses equipamentos. Com informações da TV NHK do Japão

PUBLICIDADE
Don`t copy text!