Victor Mark, sangue novo no sertanejo. Assista

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

No início de 2018, o carioca Victor Mark, 25 anos, trancou o quarto ano de Engenharia Mecatrônica para colocar em prática um sonho antigo – viver de música. O artista, que na época da faculdade tocava em festas de estudantes e barzinhos, aceitou o convite da Bem Brasil Eventos, de São José do Rio Preto, mudou-se do Rio de Janeiro para a cidade paulista e agora começa a promover seu primeiro álbum, “Mundo Novo”. “Por conta do trabalho do meu pai, mudei de residência algumas vezes até o início da juventude. Vivi dois anos no Paraná e cinco anos no Nordeste. Como gosto de música desde criança, essa vivência em regiões diferentes me colocou em contato com gêneros variados, como axé, forró, modão, música romântica, samba e sertanejo. Adoro todos eles, mas acabei me identificando com o sertanejo universitário – que, claro, é a base deste meu primeiro trabalho”, explica Victor.

Composto por 13 faixas, o álbum, com produção executiva de Jorge Souza e produção artística de Donizete (da dupla Divino & Donizete), está disponível nas plataformas digitais, com distribuição da Radar Records. O repertório prioriza o romantismo, com várias baladas (“Meu Coração”, ‘Coisa de Quem Ama” e “Sem Teu Olhar”), mas traz também faixas aceleradas – “Coisarada”, “Japinha”, “Assim, ó” e “Namorado Mais Solteiro”. A maior parte das músicas é de autoria do gaúcho Santana, algumas delas com seu parceiro Jairo. O próprio Victor, que afirma ter várias composições próprias na gaveta, conseguiu emplacar uma inédita no projeto, a bela romântica Sem teu olhar.

Namorado mais solteiro
Embora várias canções do disco estejam tocando em diferentes rádios do Brasil, a primeira música escolhida para trabalho foi “Namorado Mais Solteiro”. “A letra é marota, interessante, chama a atenção das pessoas, e a melodia, com levadas de arrocha com funk, é um convite pra dançar”, justifica o artista sobre a faixa, cujo refrão diz “Ontem namorado / Hoje safadeiro / Eu não vivo enrolado, não / De aliança no dedo / Te chamo de amorzinho / Divido o travesseiro / Mas eu sou bipolar / Do Brasil eu sou / O namorado mais solteiro”. A faixa, que vem fazendo sucesso nas plataformas de áudio, já tem videoclipe no YouTube.

O show de lançamento do primeiro álbum de Victor Mark – e a apresentação do artista ao mercado – foi realizado no dia 23 de novembro último, quando ele fez um show no Espaço Cozinha Maravilhosa, em São José do Rio Preto. O show foi transmitido pela TV Band dentro do programa Boteco da Band. Em geral, em suas apresentações, Victor, além de cantar o repertório próprio, inclui versões para clássicos sertanejos, como “Boate Azul”, e outras para hits mais recentes, como “Dona Maria’, “Nosso Santo Bateu”, “Atrasadinha”, “Zé da Recaída” e “Notificação Preferida”. “No final, costumo fazer um pot-pourri de hits pop dançantes, de artistas como Ivete Sangalo e Tim Maia”, explica o artista.

Assim que concluir o trabalho de promoção de “Namorado Mais Solteiro”, Victor lançará o segundo single do disco – após consultas junto ao público através de suas redes sociais e a profissionais do mercado. Indagado sobre sua preferência pessoal, ele afirma: “Sou suspeito, porque gosto de todas. Mas nesta primeira fase de divulgação do disco, percebo que o público e radialistas estão gostando muito da dançante “Coisarada”, por causa do refrão forte e repetitivo, e do pop romântico “Coisa de Quem Ama”.

Assista:

Com Portal Sucesso

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!