Obras para conclusão do Hospital Regional de Sete Lagoas serão retomadas

O Governo do Estado de Minas Gerais, por meio de uma parceria entre a Secretaria de Estado de Infraestrutura, Mobilidade e Parcerias (Seinfra) e a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), anunciou, na segunda-feira (20/11), a retomada das obras do Hospital Regional de Sete Lagoas, na região Central do estado.

Com capacidade para 226 leitos e a realização de cerca de 700 cirurgias por mês, quando concluída, a unidade de Saúde deve atender a uma população de aproximadamente 600 mil habitantes de 35 municípios do território da Regional de Saúde de Sete Lagoas.

Paralisada desde maio de 2015, a retomada da obra do Hospital Regional de Sete Lagoas conta com um investimento assegurado de R$ 101.624.883,76 para a adequação do projeto às normas hospitalares atuais e para conclusão da obra.

O secretário de Estado de Infraestrutura e Mobilidade de Minas Gerais, Pedro Bruno Barros de Souza, explica que os recursos para investimento estão assegurados, o que oferece mais tranquilidade para a conclusão das obras no prazo previsto.

“Não tem investimento mais precioso que a Saúde para salvar vidas e nós estamos muito otimistas quanto à conclusão dessa obra no prazo entre dois anos e dois anos e meio. O Estado vai trabalhar ao máximo para antecipar a entrega dessa obra, que é o sonho de tantos mineiros, o mais breve possível”, ressaltou.

Cronograma
Estão previstas, para a primeira fase dos trabalhos, a vedação dos telhados, a troca das esquadrias e a demolição de algumas partes que não se adequam mais às normas hospitalares atuais.

Quando finalizado, o Hospital Regional de Sete Lagoas deve contar com uma estrutura que vai atender 226 leitos dos quais 176 são de enfermaria para internação adulto e pediátrica e 50 de internação intensiva. Além disso, o projeto inclui um centro cirúrgico com nove salas, pronto atendimento com 23 leitos e 12 consultórios.

100% SUS
O secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Fábio Baccheretti, destacou que o hospital tem como um dos seus principais diferenciais a vocação de ser uma unidade de atendimento na qual os leitos serão 100% financiados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), o que significa uma capacidade de atendimento estendida para toda a população da região.

“Esse hospital vai reorganizar a assistência do território, sem competir com os demais serviços já ofertados, em uma região onde já está sendo implantado o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192 Regional)”, explicitou o secretário de Saúde.

Miguel José Constância, um dos operários que já está trabalhando na troca das esquadrilhas para garantir que o prazo de dois anos e meio para a construção de uma área total prevista de 23.582,75m² do Hospital Regional seja cumprido, sabe que vai passar um bom tempo em Sete Lagoas. Ele trabalha há cerca de 50 anos no ofício e revelou: “teremos muito trabalho pela frente”.

Recursos assegurados
O vice-governador, Professor Mateus, também fez questão de visitar o Hospital Regional de Sete Lagoas e acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos realizados.

“Estamos vendo a situação que o hospital foi deixado, uma obra parada há mais de oito anos. Desde o começo do ano nós estamos refazendo os projetos. Tivemos que fazer muitas verificações para ter certeza de que a obra, quando ficar pronta, vai atender e mudar a realidade assistencial não só de Sete Lagoas, mas de todo o entorno e já com os recursos garantidos”, reforçou o Professor Mateus.

Em 2021, foi celebrado acordo judicial entre o Governo do Estado de Minas Gerais e a Vale para reparação integral relativa ao rompimento das barragens em Brumadinho. A conclusão do Hospital Regional de Sete Lagoas foi uma das obras escolhidas.

Depois do processo licitatório homologado em 23/12/2022, o Consórcio Guimarães HRSL (composto pelas sociedades empresárias Construtora Guia, RG Empreendimentos e Engenharia Eireli) assumiu o contrato. A expectativa é que a segunda fase da obra seja iniciada no primeiro semestre de 2024 e que o Hospital Regional de Sete Lagoas esteja concluído em 2026. Com Agência Minas

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!