Cultivares de café da Epamig conquistam as primeiros lugares em Prêmio da Região do Cerrado Mineiro

As cultivares de café Paraíso MG H 419-1 e MGS Paraíso 2 desenvolvidas pela Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) conquistaram as três primeiras posições na categoria Cereja Descascado do 9º Prêmio de Cafés do Cerrado. Os resultados do concurso, promovido pela Federação dos Cafeicultores do Cerrado, foram divulgados em 18 de novembro.

O 1º lugar foi conquistado pela Fazenda Cinco Estrelas de Patrocínio, com a variedade Paraíso MG H 419-1. A segunda colocação ficou com a amostra da MGS Paraíso 2, cultivada na Fazenda Londrina no município de Coromandel. A cultivar Paraíso MG H 419-1 produzida na Fazenda M&F Coffee Bioma Café, em Campos Altos, completou o pódio da categoria Cereja Descascado.

Além do Cereja Descascado, a premiação contemplou as categorias Natural e Fermentação Induzida e reuniu os melhores cafés de associados às cooperativas ligadas à Federação dos Cafeicultores.

Referência em produtividade e qualidade
Também neste mês de novembro, o café da cultivar Catiguá MG 2, produzido pela Fazenda Santiago, em Patos de Minas, conquistou o Prêmio “Coffee of the Year” da espécie Arábica. Os resultados foram divulgados durante a programação da Semana Internacional do Café, realizada no Expominas em Belo Horizonte. A variedade desenvolvida pelo Programa de Melhoramento Genético do Cafeeiro, conduzido pela Epamig, possui aptidão para a produção de cafés especiais e é reconhecida pela alta qualidade da bebida. Com informações da Assessoria de Comunicação da Epamig.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!