Governo de MG avalia área para construir nova penitenciária em Lavras

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Uma nova unidade prisional com capacidade para custodiar 600 presos será construída no município de Lavras, no Sul de Minas. Equipe técnica da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) e o secretário da pasta, general Mario Araújo, estiveram no local nesta semana para conhecer e avaliar o terreno onde será construída a penitenciária.

A construção faz parte de um acordo firmado entre o Governo de Minas, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), a Defensoria Pública de Minas Gerais (DPMG) e a mineradora Vale, que ficará responsável pela execução das obras. Com o parecer positivo da equipe técnica da Sejusp e a aprovação do terreno e projeto pela Vale, as obras já estão autorizadas a começar. A previsão é que a Penitenciária de Lavras seja inaugurada até o final de 2022.

Referência
De acordo com o subsecretário de Gestão Administrativa, Logística e Tecnologia da Sejusp, Wilson Gomes, o projeto, inédito no sistema prisional mineiro, prevê que a nova unidade seja referência em tecnologia e automação, garantindo mais segurança e menor demanda de policiais penais. “A ideia é que a penitenciária seja modelo de modernidade, humanização e segurança. Isso está previsto desde o projeto arquitetônico, com o uso da tecnologia embarcada com portas e controle de acesso automatizados, salas de videomonitoramento e equipamentos de última geração”, detalha.

Para o general Mario Araujo, a associação de recursos tecnológicos de última geração ao trabalho cada vez mais humanizado é essencial para uma ressocialização eficaz. “Estamos felizes em estar aqui vendo ser concretizado o acordo da empresa Vale com o Estado. Vamos poder ver o início das obras e em breve esta nova unidade será modelo de modernidade, humanização e segurança para custodiados e servidores”, ressaltou.

Durante a visita, a juíza da 2ª Vara Criminal, de Execuções Penais e de Cartas Precatórias Cíveis de Lavras, Zilda Maria Youssef Murad, afirmou que a construção desta unidade é a concretização de um desejo antigo da população de Lavras. “Essa é uma demanda extremamente necessária. Com a nova unidade presos que estão fora poderão voltar para cumprir pena próximos de suas famílias, e todos em melhores condições”.

Além da comitiva da Sejusp, participaram da visita técnica representantes do Tribunal de Justiça, do Ministério Público, da Defensoria Pública, das Polícias Militar e Civil, do Corpo de Bombeiros Militar e também a prefeita eleita do município, Jussara Manicucci. Com Agência Minas

PUBLICIDADE
Don`t copy text!