Comitê Olímpico Brasileiro assina acordo que beneficia crianças e adolescentes

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) irá depositar R$ 2 milhões em favor do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente do Rio de Janeiro, além de doar dez tochas olímpicas para o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. Os compromissos estão previstos em termo de ajustamento de conduta (TAC) assinado na quinta (26) e homologado junto ao Ministério Público.

O termo foi firmado em audiência especial realizada pelo juiz Sérgio Luiz Ribeiro de Souza, da 1ª Vara da Infância e Juventude e do Idoso da Capital do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ).

O acordo foi feito para que fossem extintos 140 processos resultantes de compromissos que beneficiariam políticas públicas na área da infância e juventude que deveriam ter sido cumpridos pelo COB na época da Olimpíada de 2016, disputada no Rio de Janeiro. As multas pendentes e os autos de infração ocorridos no período dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos chegavam a cerca de R$ 4 milhões.

O Fundo Municipal dos Direitos da Crianças e do Adolescente do Rio de Janeiro é composto de doações de pessoas físicas e jurídicas que visam atender projetos envolvendo crianças em situação de vulnerabilidade.

Cabe ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente decidir qual projeto, ação ou programa receberá o dinheiro doado pelo COB. Os recursos devem, obrigatoriamente ser destinados à área da infância e juventude. Com Agência Brasil

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!