Arrombadores invadem e furtam em vários sítios na comunidade de Paivas causando prejuízo enorme

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


A falta de segurança no campo continua sendo motivo de muita preocupação para quem reside nas áreas rurais de Pará de Minas. Os crimes como furto de gado, invasão em residências e outros são comuns, assustam e causam muitos prejuízos. Os alvos mais frequentes são as propriedades usadas apenas nos fins de semana.

Outro registro de crime na área rural foi feito nesta semana na comunidade de Paivas, zona rural de Pará de Minas, quando cinco sítios foram invadidos por bandidos. Uma das vítimas, que preferiu não se identificar, disse que é a terceira vez que a sua casa é invadida por criminosos.

Ela disse que não havia ninguém nas casas. Os ladrões arrombaram os imóveis, entraram e furtaram muita coisa, sendo que seus vizinhos já foram vítimas outras vezes e preferiram não acionar a Policia Militar.

Quando a vítima chegou a sua casa ficou assustada com o prejuízo. Encontrou a janela arrombada e constatou o furto de uma serra elétrica, furadeiras, máquina de solda, lixadeiras, carrinho de mão e várias outra ferramentas usadas pelo marido.

Os ladrões ainda levaram moedor de café, conversor de TV, tachos, chaleiras, conchas e frigideiras de cobre, tomadas e interruptores, além da fiação elétrica da casa (aproximadamente 600 metros de cabos), todas as panelas de alumínio e ferro, roupas de cama, mesa e de uso pessoal, pares de chinelos entre outros objetos.

A vítima disse que na casa dos vizinhos o prejuízo também foi grande, levando também as fiações elétricas, ferramentas e muitos outros objetos. Ela acredita que os ladrões usaram os carrinhos de mão furtados em sua casa e nos vizinhos para levar os materiais até o veículo ocupado por eles.

Importante ressaltar que receptação é crime. Portanto quem compra objetos roubados ou furtados comete um crime tão grave quanto o de roubo ou furto. É bom ficar atento quando as ofertas são muito vantajosas. O nome de um suspeito foi repassado a Polícia Civil que está investigando os crimes. Informações sobre autoria dos crimes podem ser repassadas para o telefone 190 da Polícia Militar ou 181 – Disque Denúncia Unificado (DDU).

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE