Primeiro-ministro do Japão renunciará ao cargo

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, anunciou oficialmente que planeja renunciar ao cargo para tratar de um problema de saúde. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira (28), Abe explicou os motivos de sua decisão.

O premiê esteve em um hospital em duas oportunidades nas duas últimas semanas, desencadeando especulações de que seu estado de saúde havia piorado.

É a segunda vez que o premiê deixa o cargo por causa de um problema de saúde. Shinzo Abe renunciou em 2007 devido a uma doença inflamatória intestinal, após ter permanecido somente um ano no posto.

Ele reassumiu o cargo de primeiro-ministro em 2012, depois de obter vitória esmagadora em uma eleição para a Câmara Baixa do Parlamento.

Há sete anos no cargo, Abe é o líder com mais tempo de serviço na história do Japão.

Ele poderia permanecer mais um ano à frente do cargo. O mandato do premiê como presidente do Partido Liberal Democrático (PLD), o principal da coalizão governista, se encerraria em setembro do próximo ano. Com Agência Brasil/TV NHK do Japão

PUBLICIDADE
Don`t copy text!