Jogos desta sexta definem mais dois semifinalistas da Copa América

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

As partidas da Copa América de hoje (28) definem mais dois semifinalistas do torneio continental. Às 16h, a Argentina enfrenta a Venezuela, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. Mais tarde, às 20h, na Arena Corinthians, em São Paulo, será a vez de Colômbia e Chile disputarem mais uma vaga. Agora, os jogos são eliminatórios.

Com dois títulos mundiais (1978 e 1986) e 14 títulos sul-americanos (sendo o último em 1993), a tradicional equipe argentina enfrenta a Venezuela, que nunca conquistou uma Copa América e é a única seleção membro da Conmebol (Confederação Sul-Americana) que nunca participou de uma Copa do Mundo, mas que tem mostrado evolução no futebol.

Nos últimos quatro confrontos, desde 2016, foram dois empates e uma vitória para cada equipe. O jogo mais recente foi um amistoso em Madri (Espanha) em março deste ano, em que a Venezuela venceu por 3 a 1.

A Argentina se classificou em segundo lugar no grupo B da Copa América, depois de uma derrota de 2 a 0 para a Colômbia, um empate de 1 a 1 com o Paraguai e uma vitória de 2 a 0 sobre o Catar (seleção asiática convidada).

Já a Venezuela terminou em segundo lugar no grupo A, com uma campanha melhor que a Argentina: dois empates sem gols com Brasil e Peru e uma vitória de 3 a 1 sobre a Bolívia.

No segundo jogo de hoje, os chilenos, que conquistaram as duas últimas edições da Copa América (2015 e 2016), enfrentam a Colômbia, que tem um título continental (2001).

As duas seleções não se enfrentam desde novembro 2016, quando empataram em 0 a 0 pelas eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia. Em um jogo em junho daquele ano, os chilenos haviam vencido os colombianos por 2 a 0 na semifinal da Copa América do Centenário.

O Chile se classificou em segundo lugar do grupo C, depois de duas vitórias (4 a 1 sobre a seleção convidada Japão e 2 a 1 sobre o Equador) e uma derrota de 1 a 0 para o Uruguai. Já a Colômbia teve uma campanha melhor: terminou em primeiro no grupo B, com três vitórias (2 a 0 sobre a Argentina, 1 a 0 sobre o Catar e 1 a 0 sobre o Paraguai). Com Agência Brasil

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!