Taxa de isolamento social em São Paulo fica em 48%

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A taxa de isolamento social ontem (27) em São Paulo atingiu 48%, um ponto percentual a mais que no dia anterior, mas ainda abaixo da expectativa do governo paulista, que considera satisfatória uma taxa acima de 55%. O ideal seria que ficasse em 70%. A taxa é medida pelo Sistema de Monitoramento Inteligente, que analisa dados de celulares.
Na capital, a taxa continua a mesma do dia anterior em 49%, média maior do que no estado. A cidade paulista com maior taxa de isolamento continua sendo São Sebastião, que ontem atingiu 61%.

Quanto mais pessoas ficarem em casa, menor será a propagação do coronavírus pelo estado, o que ajuda a evitar um colapso no sistema de saúde.

Mesmo com taxa abaixo do mínimo e a propagação do coronavírus continuar crescendo, o governador de São Paulo, João Doria, disse ontem (27) que a partir da próxima segunda-feira (1º) algumas regiões do estado já poderão iniciar um processo de retomada econômica.

Em entrevista, a secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen, afirmou que a retomada será possível porque está ocorrendo uma desaceleração no crescimento no estado. “Estamos verificando uma desaceleração do crescimento da epidemia. Ainda estamos, sim, na etapa de crescimento, mas com um crescimento em ritmo menor.”

Para o processo de retomada da economia, cada região do estado foi classificada em níveis. As cinco fases do programa vão do nível máximo de restrição de atividades não essenciais (vermelho) a etapas identificadas como controle (laranja), flexibilização (amarelo), abertura parcial (verde) e normal controlado (azul). Com Agência Brasil

PUBLICIDADE
Don`t copy text!