Equipes limpam estações de metrô do Rio de Janeiro e Brasília

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Com o intuito de reforçar as medidas para frear a disseminação do novo coronavírus, o vírus que causa covid-19, concessionárias de metrô do Rio de Janeiro e de Brasília reforçam, neste sábado (28), a higienização de estações, que são locais onde há uma grande circulação de pessoas. A higienização visa remover resíduos orgânicos e minerais que grudam nas superfícies.

Rio de Janeiro
No Rio, a concessionária MetrôRio promove ações nas estações das linhas 1 e 2. Equipes atuam simultaneamente durante a operação de limpeza de todas as estações do Metrô nos trechos entre o Maracanã e Pavuna, na Linha 2, e Cinelândia e Uruguai, na Linha 1. A previsão é de que o serviço tenha uma hora de duração em cada ponto.

No serviço de limpeza das estações é utilizado um equipamento nebulizador, que espalha micropartículas do produto composto por quaternário de amônia, através de uma névoa.

A técnica ajuda a aumentar o alcance da cobertura do produto. Ele ataca e mata bactérias e o vírus após aplicação, desinfetando as superfícies onde foi utilizado. Nas estações, as equipes usam uma versão sem odor do produto.

Brasília
Na capital federal, partir das 23h deste sábado, o Comando Conjunto Planalto vai desinfectar a Estação Central do metrô. A ação ocorrerá fora do horário de funcionamento do metrô, para facilitar a condução da atividade e a aplicação dos produtos químicos de forma segura.

Militares da Companhia de Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear do Exército Brasileiro vão participar da higienização. Com Agência Brasil

PUBLICIDADE
Don`t copy text!