Fornecedor de drogas procurado por brasileiros e paraguaios é preso

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Policiais civis da Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme) prenderam, na noite de terça (27), em flagrante, Elton Leonel Rumich da Silva, conhecido como Galã. Segundo a Polícia Civil, ele era procurado pelas polícias brasileira e paraguaia e fornecia grande quantidade de drogas para as maiores facções criminosas do país, como a carioca Comando Vermelho e a paulista Primeiro Comando da Capital (PCC).

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Segundo os policiais, ele foi preso quando fazia tatuagem em um estúdio localizado em Ipanema, na zona sul do Rio de Janeiro. Ainda de acordo com a polícia, Galã apresentou um documento falso na hora da prisão, mas os agentes já conheciam sua identidade porque trocaram informações com a Polícia Civil paulista.

Galã é acusado de ter participado da execução de um homem suspeito de chefiar o tráfico na fronteira com o Paraguai, Jorge Rafaat Toumani, em junho do ano passado. Segundo a Polícia, Galã teria matado Rafaat para assumir parte dos negócios dele como fornecedor de drogas na fronteira do Brasil com o Paraguai.

Procurado no Brasil e no Paraguai, Galã utilizava diversos nomes falsos como: Ronald Rodrigo Benites, Oliver Giovanni da Silva e Elton da Silva Leonel. Com Agência Brasil

PUBLICIDADE
Don`t copy text!