Racing goleia o Cruzeiro na estreia da Libertadores com show de garoto

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Bruno Haddad/Cruzeiro

O Cruzeiro iniciou sua caminhada na Copa Conmebol Libertadores sofrendo uma goleada na Argentina. A equipe celeste foi batida por 4 a 2 pelo Racing, em Avellaneda. De Arrascaeta e Robinho, um em cada tempo, marcaram os gols fora de casa. O garoto Lautaro Martínez do Racing deu show em campo e marcous três gols. Solari fez o quarto gol argentino.

A partida foi a de abertura do Grupo 5, que tem ainda Universidad de Chile e Vasco da Gama. O próximo compromisso celeste pelo torneio será na primeira semana de abril, contra o time carioca, no Mineirão.

Já no próximo domingo, o Cruzeiro enfrentará o Atlético-MG pela 9ª rodada do Campeonato Mineiro.

O jogo
Como todo bom jogo de Copa Libertadores, Cruzeiro e Racing iniciaram a partida disputando cada centímetro do campo. No entanto, logo aos 6 minutos, a Raposa perdeu Fred, que sentiu dores e pediu substituição. Em seu lugar entrou Rafael Sóbis.

O time da casa tentou logo ensaiar uma pressão, mas esbarrava na boa marcação celeste. Em contrapartida, o time cinco estrelas controlava a partida com um bom toque de bola.

Com o forte equilíbrio no jogo concentrado no meio de campo, a primeira chance mais aguda foi do Racing em lance de bola parada. Aos 13 minutos, após cobrança de falta pela esquerda, Lautaro Martínez se posicionou bem e desviou de primeira, sem chances para Rafael, abrindo o placar para os argentinos: 1 a 0.

Tentando se reorganizar após o gol sofrido, o Cruzeiro começou a aparecer mais no campo adversário na segunda metade do primeiro tempo. Aos 29, Robinho fez bela inversão de jogo, Egídio dominou com categoria e cruzou na medida para De Arrascaeta. O camisa 10 celeste escorou de cabeça e empatou a partida para o Cruzeiro: 1 a 1.

Logo no minuto seguinte, a equipe estrelada aproveitou o momento de vulnerabilidade do adversário e promoveu uma verdadeira blitz no campo de ataque. Primeiro, Rafael Sóbis recebeu grande lançamento de Robinho, mas parou no goleiro Musso. No rebote, De Arrascaeta arriscou forte arremate, mas a bola beijou a trave direita. Logo em seguida, Sóbis e Robinho tabelaram, o camisa 7 chutou de primeira e o goleiro Musso novamente fez grande defesa.

No minuto final da primeira etapa, o Racing voltou a tomar a frente do placar. Em mais uma cobrança de falta, a bola sobrou para Lautaro Martínez, que chutou rasteiro, no canto direito de Rafael, dando números finais ao tempo inicial: 2 a 1 para os argentinos.

Segundo tempo
Atrás no placar, o Cruzeiro voltou para a etapa complementar dominando a partida. A primeira grande oportunidade aconteceu aos 8 minutos. Rafael Sóbis deu grande passe para Rafinha, que finalizou de primeira. A finalização, caprichosamente, acertou o travessão e quicou praticamente em cima da linha do gol. Em seguida, a zaga afastou.

O Racing apareceu no ataque aos 16 minutos. Após passe longo, Lautaro Martínez avançou e chutou forte. Rafael fez grande defesa para escanteio. Na cobrança, novamente Martínez anotou de cabeça, pela terceira vez: 3 a 1 para o time da casa. Lutando muito, a Raposa foi buscar o segundo gol. Aos 25, Robinho fez uma cobrança de falta magistral e diminuiu para 3 a 2.

O jogo continuou se apresentando com muitas alternativas. Quando o Cruzeiro se aproximava do empate, a equipe argentina conseguiu chegar ao quarto gol. Solari avançou pela direita e chutou cruzado, marcando 4 a 2 para o Racing.

Nos minutos finais, o time estrelado tentou diminuir a diferença. Aos 42, após bate e rebate, Henrique teve grande chance ao aproveitar um rebote da zaga. O capitão cruzeirense dominou a bola no peito e chutou, mas a finalização passou rente ao travessão. Foi a última chance celeste no jogo, que terminou em 4 a 2 para o adversário.

Ficha do jogo
Racing 4×2 Cruzeiro
Motivo: 1ª rodada do Grupo 5 da Copa Libertadores
Data: 27/02/2018 (terça-feira)
Local: El Cilindro, em Avellaneda (ARG)
Árbitro: Wilmar Roldán (COL)
Gols: Lautaro Martínez aos 13, De Arrascaeta aos 29 e Lautaro Martínez aos 44 (1º tempo); Lautaro Martínez aos 17, Robinho aos 25 e Solari aos 31 (2º tempo)
Racing: Musso; Saravia, Donatti, Sigali e Soto; Nery Domínguez, Neri Cardozo, Zaracho (Solari); Centurión (Cuadra), Lautaro Martínez (Meli) e Lisandro López. Técnico: Eduardo Coudet
Cruzeiro: Rafael; Lucas Romero, Manoel, Murilo e Egídio; Henrique, Ariel Cabral e Robinho (Mancuello); De Arrascaeta (Thiago Neves), Rafinha e Fred (Rafael Sóbis). Técnico: Mano Menezes
Cartões amarelos: Lautaro Martínez e Saravia (Racing); Mancuello (Cruzeiro)
Cartão vermelho: Saravia (Racing)
Com informações do Cruzeiro

PUBLICIDADE