Filhos lembram os 80 anos de Jair Rodrigues

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Nome histórico em se tratando de MPB, Jair Rodrigues, se vivo, completaria 80 anos no dia 6 de fevereiro próximo. Para lembrar a data, os filhos do artista, Jair Oliveira e Luciana Mello, apresentarão um show-tributo nos dias 5 e 6 próximos, a partir das 21h, no Theatro NET, em São Paulo (shopping Vila Olímpia). O show-tributo, produzido pela S de Samba, dará início à série de ações em homenagem aos 80 anos de nascimento de Jair, que incluem a produção de dois documentários inéditos.

No repertório dos shows, os fãs vivenciarão releituras de clássicos e os últimos sucessos que ganharam vida por meio de marcantes interpretações de ‘Jairzão’. A canção “Disparada” (1966), o samba “Tristeza” (1996), o clássico sertanejo “Majestade, o Sabiá” (1971) e o primeiro rap brasileiro “Deixa Isso Pra Lá” (1960) são alguns deles. O intercâmbio entre as duas gerações de artistas na música é a marca registrada da família. Por isso, Jair Oliveira e Luciana Mello também levarão faixas de suas respectivas carreiras, que de certa forma também estejam relacionadas à história do pai para as apresentações.

“Homenagearemos esse grande artista que teve 55 anos de uma carreira sólida e muito bonita. Desde seu início como “crooner“ nas noites de São Paulo até sua consagração como um dos maiores intérpretes da música brasileira. Jair Rodrigues passeava com a mesma elegância, força e alegria pelo sertanejo, bossa nova, serestas e o samba. Vamos narrar e celebrar todas essas fases marcantes e características do legado de nosso pai”, comenta Jair Oliveira. A dupla se apresentará acompanhada por banda formada por violões, cavaco, bateria, percussão, baixo e teclado.

Luciana Mello explica que a série de homenagens pelos 80 anos de nascimento de Jair Rodrigues tem o objetivo de resgatar a obra do pai e levar sua música para todos os públicos, sejam eles contemporâneos ou a nova geração, que talvez não conheça tanto o legado de 55 anos do artista. Ela adianta que há dois documentários inéditos em produção (“Deixa que Digam” e “Jairzão, o Documentário”) que deverão chegar ao circuito comercial a partir do final deste ano. Com Portal Sucesso

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!