Músicos fazem experimentações no Auditório Ibirapuera

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Há mais de 50 anos, desde o momento em que a Bossa Nova e sua abordagem começaram a influenciar outras manifestações musicais pelo mundo, como o próprio jazz, o violão brasileiro tem crescido em importância e influência. Mais e mais talentos têm surgido e há uma imensa legião de violonistas pelo Brasil praticamente desconhecida do grande público, praticando a arte das 6 cordas.

Para capturar esse novo cenário do instrumento, promovendo a arte de tocá-lo e sua divulgação e penetração a voos cada vez maiores, foi criado, em 2014 o Violab. “Com B de Brasil e LAB de laboratório, mais experimentação, combinação, criatividade”, explica o idealizador do projeto, o premiado publicitário Alexandre Gama.

O primeiro produto será um show que acontecerá no dia 29 de setembro, às 21h, no Auditório Ibirapuera, reunindo alguns dos maiores expoentes do violão instrumental no país: Yamandu Costa, Ulisses Rocha, Paulo Bellinati, Badi Assad, Marco Pereira, Douglas Lora e Alessandro Penezzi. Os músicos emprestarão seus talentos e estilos, travando diálogos na interpretação de temas consagrados e composições próprias. Estão confirmadas no repertório: “Bananeira”, “Lamento Sertanejo”, “Noites Cariocas”, “Sempre que Posso” e “Pingue-Pongue”.

O Auditório Ibirapuera fica na Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n – Portão 2 do Parque Ibirapuera. Mais informações pelo www.auditorioibirapuera.com.br. Com Portal Sucesso

PUBLICIDADE