Governo de MG multa a Vale em R$ 99 milhões e Zema decreta luto oficial de três dias

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, estipulou multa no valor de R$ 99 milhões à empresa Vale, por responsabilidade dos danos causados pelo rompimento da barragem da Mina do Feijão, em Brumadinho, que serão destinados para reparos. Segundo o secretário de Meio Ambiente, Germano Vieira, a empresa deverá ser notificada até esta segunda-feira (28) e, a partir de então, terá 20 dias para recorrer.

O Corpo de Bombeiros mantém 205 homens no local, sendo que 175 são especializados no trabalho de resgate de vítimas de soterramento.

Até agora, foram resgatadas 366 pessoas, sendo 221 funcionários da Vale e 145 terceirizados, e, destes, 23 estão hospitalizados. O número de vítima fatais chega a 40, com 8 identificados. O trabalho de monitoramento da barragem B6 continua e as atividades de resgate foram suspensas às 20h e serão retomadas às 4h da madrugada.

O governador Romeu Zema, que decretou luto oficial de três dias, reitera o agradecimento a todos que estão empenhados em colaborar neste momento de sofrimento. Desde os bombeiros que vieram de outras cidades e estados, até as autoridades que foram a Brumadinho conferir de perto os estragos, prestar solidariedade e contribuir com medidas que ajudarão a resolver os problemas da região e dos atingidos, como o Presidente da República, Jair Bolsonaro; o Procurador Geral de Justiça de Minas Gerais, Antônio Sérgio Tonet; a Procuradora Geral da República, Raquel Dodge; o Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles; o Ministro da Defesa, Fernando Azevedo; o Secretário Nacional de Defesa Civil, Alexandre Lucas Alves, além de toda nossa equipe e voluntários que se colocaram à disposição para nos ajudar. Com Agência Minas

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!