Clássico entre Cruzeiro e Atlético sem clima e sem vencedor

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Em clássico válido pela 3ª rodada do Campeonato Mineiro Cruzeiro e Atlético jogaram neste domingo (27) no Mineirão e empataram por 1×1. Os dois gols foram feitos através de cobranças de pênaltis. Fred abriu o placar para o Cruzeiro e Fábio Santos empatou para o Galo.

No sábado (26) o presidente do Atlético Sérgio Sette Cãmara propôs o adiamento da partida. Argumentou que futebol é festa, alegria e não havia clima para Cruzeiro e Atlético disputarem o clássico após a tragédia provocada pelo rompimento da barragem da mineradora Vale em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). Por volta das 22 horas de sábado (26) a Federação Mineira de Futebol (FMF) confirmou a realização do clássico sob a justificativa de falta de datas para realizar o jogo futuramente.

Em campo as duas equipes se abraçaram antes de a bola rolar durante o minuto de silêncio em homenagem as vítimas de Brumadinho. Jogadores do Galo usaram uma braçadeira com inscrição Luto e Fábio Santos não comemorou o gol que marcou em respeito às vítimas. Quando a bola rolou a partida foi muito disputada e com duas expulsões. Dedé do Cruzeiro e Adilson do Atlético. Também não faltaram reclamações contra a arbitragem.

O primeiro tempo terminou 0x0. Na segunda etapa o árbitro marcou pênalti para o Cruzeiro, aos 12 minutos, e Fred fez 1×0 para o Cruzeiro. A marcação foi contestada pelo Galo que considerou que não houve falta no lance.

A partida seguiu e aos 35 minutos, Dedé fez pênalti em Chará, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Fábio Santos cobrou e empatou o clássico 1×1.

Adilson também recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. O jogo teve 12 minutos de acréscimos e terminou aos 52 do segundo tempo empatado em 1×1.

Ficha Técnica

Cruzeiro 1×1 Atlético

Motivo: Campeonato Mineiro (3ª rodada)

Data: 27/01/2019

Estádio: Mineirão

Cidade: Belo Horizonte (MG)

Gols: Fred (15/2ºT), Fábio Santos (35/2ºT)

Público Pagante: 39.088

Renda: R$ 834.717,00

Árbitro: Wanderson Alves de Souza

Auxiliares: Ricardo Junio de Souza e Felipe Alan Costa de Oliveira

4º Árbitro: Ronei Cândido Alves

Cartões amarelos: Luan, Elias, Patric, Igor Rabello, Adilson, Fábio Santos (Atlético); Léo, Dedé, Edilson (Cruzeiro)

Cartões vermelhos: Adilson (Atlético); Dedé (Cruzeiro)

Cruzeiro: Fábio, Edilson, Dedé, Léo, Egídio, Henrique, Lucas Silva, Robinho, Rafinha (Jadson) , Thiago Neves (Raniel) e Fred (Murilo). Técnico: Mano Menezes.

Atlético: Victor; Patric, Maidana, Igor Rabello, Fábio Santos, Adilson, Elias, Luan, Cazares, Chará (Terans) e Ricardo Oliveira (Jair). Técnico: Levir Culpi.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!