Em 2021 Parlamento Jovem Minas também discutirá meio ambiente

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Diante das limitações impostas pela pandemia de covid-19, os atuais coordenadores do Parlamento Jovem de Minas (PJ Minas) decidiram estender a edição 2020 para 2021, de modo que os jovens tenham a oportunidade de discutir e propor ações para o tema Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, com direito às atividades presenciais, que sempre foram tão ricas para os estudantes.

A decisão foi tomada em reunião virtual realizada entre a coordenação estadual, representantes de 16 polos regionais do projeto e outros parceiros da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) na realização do PJ Minas. Apesar das dificuldades encontradas, principalmente pelas cidades menores, onde há muitos alunos sem acesso aos meios digitais, a maioria se mostrou disposta a manter toda a interação possível entre os jovens, mesmo com a necessidade de distanciamento social e as escolas fechadas.

Equipes de municípios como Piedade do Rio Grande (Polo Vertentes), Malacacheta (Polo Alto Jequitinhonha/Mucuri), Carvalhópolis (Polo Sul IV), Três Pontas (Polo Sul II), Arcos (Polo Oeste), Catas Altas e São Gonçalo do Rio Abaixo (Polo Médio Piracicaba), presentes à reunião, se mostraram muito satisfeitos com a extensão do projeto, pois não haviam conseguido realizar as atividades propostas sem a possibilidade de contato presencial com os alunos.

O grupo agora analisa sugestões que foram apresentadas durante a última reunião, com o objetivo de montar um plano conjunto de novas ações para o PJ Minas. O plano deverá definir, por exemplo, como se dará a participação dos estudantes do 3º ano do ensino fundamental, qual será o formato dos cursos de capacitação de coordenadores e, ainda, como se dará a inscrição de novas câmaras interessadas em participar do projeto em 2021. Outra reunião está marcada para a próxima segunda-feira (31/8/20).

“A realidade dos municípios é muito diversa. Precisamos construir as soluções conjuntamente, para que todos possam avançar juntos”, disse a gerente-geral da Escola do Legislativo da ALMG, Ruth Schmitz. A coordenação estadual está cadastrando voluntários, entre os coordenadores regionais, para ajudar na organização das reuniões, que devem passar a ser semanais. Com ALMG

PUBLICIDADE
Don`t copy text!