Nove municípios afetados por temporais receberão mais de R$ 11,1 milhões para ações de defesa civil

Nove cidades do País atingidas por desastres naturais vão receber mais de R$ 11,1 milhões para ações de defesa civil. As portarias com as liberações dos recursos foram publicadas na edição de ontem (25) do Diário Oficial da União (DOU).

Das nove cidades, três estão em Pernambuco. Cortês terá cerca de R$ 647 mil para a compra de cestas básicas, colchões, kits de limpeza, higiene e dormitório, além de locação de veículo e limpeza de vias urbanas. Para Jaboatão dos Guararapes, serão cerca de R$ 266 mil para o restabelecimento de muro. Ambos os municípios foram afetados por chuvas intensas.

Já Araçoiaba, atingida por alagamentos, contará com mais de R$ 402 mil para a compra de cestas básicas, colchões e kits de higiene e para aluguel de caminhão.

Rio Grande do Norte
No Rio Grande do Norte, a cidade de Extremoz, atingidas por chuvas intensas, receberá cerca de R$ 179 mil para a limpeza de áreas urbanas.

Bahia
Ainda na região Nordeste, o município de Gandu, na Bahia, também afetado por chuvas intensas, terá mais de R$ 171 mil para a reconstrução de muro.

Minas Gerais
Em Minas Gerais, a cidade de Sem-Peixe receberá mais de R$ 7,6 milhões para a reconstrução da trafegabilidade. Medina terá mais de R$ 272 mil para a reconstrução de muro e de via. Já Entre Folhas contará com cerca de R$ 130 mil para a reconstrução de ponte. Os três municípios foram atingidos por chuvas intensas.

Amazonas
Por fim, o município de Tefé, no Amazonas, afetado por inundações, vai receber mais de R$ 1,4 milhão e usará os recursos para a compra de cestas básicas, colchões, kits de limpeza, higiene e dormitório e para locação de veículos.

Como solicitar recursos federais
Após a concessão do status de situação de emergência pela Defesa Civil Nacional, os municípios atingidos por desastres estão aptos a solicitar recursos para atendimento à população afetada. As ações envolvem restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de equipamentos de infraestrutura danificados.

A solicitação deve ser feita por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2iD). Com base nas informações enviadas, a equipe técnica da Defesa Civil Nacional avalia as metas e os valores solicitados. Com a aprovação, é publicada portaria no DOU com a especificação do montante a ser liberado.

Capacitações da Defesa Civil Nacional
A Defesa Civil Nacional oferece uma série de cursos a distância para habilitar e qualificar agentes municipais e estaduais para o uso do S2iD, a partir do Plano de Capacitação Continuada em Proteção e Defesa Civil. As capacitações têm como foco os agentes de proteção e defesa civil nas três esferas de governo. Confira neste link a lista completa dos cursos de capacitação. Com informações da Assessoria de Comunicação Social do Ministério do Desenvolvimento Regional

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!