COVID-19: estado do Rio de Janeiro contingencia R$ 7,6 bilhões

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O governo fluminense determinou ontem (25) o contingenciamento de R$ 7,6 bilhões e a suspensão por tempo indeterminado de novas despesas de caráter não essencial. As medidas são emergenciais para fazer frente à queda na arrecadação provocada pela pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Segundo o governador Wilson Witzel, as medidas são necessárias também por causa da queda do preço do barril de petróleo no mercado internacional.

De acordo com ele, não sofrerão contingência as secretarias de Saúde, Polícia Militar, Polícia Civil e Defesa Civil (que inclui os bombeiros), além do Programa Segurança Presente.

Entre as despesas consideradas não essenciais que serão cortadas estão a realização de viagens e/ou eventos, o pagamento de diárias, a contratação de serviços de consultoria, locação de veículos e a aquisição de equipamentos, aparelhos e máquinas para diversas secretarias. Com Agência Brasil

PUBLICIDADE
Don`t copy text!