Operação da PF em Santa Catarina combate fraudes no Imposto de Renda

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A Polícia Federal (PF) e a Receita Federal deflagraram hoje (26) a Operação Retificatio, para apurar fraudes cometidas em declarações de Imposto de Renda de Pessoa Física, na cidade catarinense de Lages.

De acordo com a PF, a estimativa é de que as fraudes tenham causado um prejuízo de mais de R$ 3 milhões ao longo dos últimos quatro anos.

Estão sendo analisadas mais de três mil declarações, originais e retificadoras, transmitidas por uma mesma pessoa, mas em nome de terceiros.

As investigações constataram que foram inseridas deduções fictícias, com objetivo de aumentar a restituição de imposto retido na fonte ou diminuir o valor do imposto a pagar.

“Conforme as declarações incidiam em malha fiscal, o investigado promovia sucessivas declarações retificadoras até que conseguisse burlar o sistema automatizado”.

Os policiais federais cumpriram mandado de busca e apreensão no endereço do investigado, onde apreenderam computadores e documentos que passarão por perícia. No local foi também encontrada grande quantidade de declarações. Com Agência Brasil

Don`t copy text!