Operação Advenus investiga crime de promoção de migração ilegal no Acre

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (26) a Operação Advenus*, na capital do estado e em município do interior, com o objetivo de combater o crime de promoção de migração ilegal.

Policiais federais cumpriram quatro mandados de busca e apreensão nos municípios de Rio Branco e Assis Brasil/AC.

A investigação foi iniciada após a identificação de que estaria havendo o transporte ilegal de migrantes para o Peru, através do Rio Acre ou da Ponte da Integração – que separam as cidades de Assis Brasil e Iñapari – com ajuda de coiotes.

De acordo com as investigações, a região é uma rota conhecida por migrantes que buscam chegar a países como EUA e Canadá. Criminosos no município se aproveitam da vulnerabilidade desses migrantes e, em troca de dinheiro, prometem auxiliar a travessia de maneira ilegal para o Peru, sem, contudo, mencionar a probabilidade de insucesso de empreitadas dessa natureza.

Recentemente, a questão ganhou ainda mais relevância em razão da ocupação da ponte fronteiriça por centenas de estrangeiros de diversas nacionalidades, que visavam entrar em território peruano. Acredita-se que a atuação dos coiotes é um dos fatores que contribuiu para o agravamento da situação.

*O nome da operação remete à palavra Estrangeiro em latim, uma vez que se sabe que os migrantes (estrangeiros) são aliciados por esses coiotes ao chegarem no município de Assis Brasil. Com informações da Assessoria de Comunicação Social da Polícia Federal em Epitaciolândia

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!