Chuva em Brumadinho preocupa equipes de resgate

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Choveu neste sábado (26) na cidade de Brumadinho (MG), onde uma barragem de rejeitos da mineradora Vale se rompeu ontem (25). A Defesa Civil de Belo Horizonte divulgou há pouco alerta para o aumento da intensidade das chuvas na região, recomendando atenção redobrada. “A Defesa Civil apoia toda a equipe operacional, com monitoramento atmosférico em tempo real”, informou em seu perfil na rede social Twitter.

Mais cedo, autoridades locais que coordenam as equipes de busca e resgate alertaram que uma eventual chuva em Brumadinho poderia complicar a busca por sobreviventes.

O último balanço do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais aponta 11 mortes confirmadas e pelo menos 296 pessoas desaparecidas, sendo 166 funcionários da Vale e 130 terceirizados.

O rompimento da barragem B1 ocorreu no início da tarde de ontem (25), na Mina Córrego do Feijão. A quantidade de rejeito acumulado na estrutura fez com que uma outra barragem transbordasse. A lama atingiu uma área administrativa da companhia e parte da comunidade de Vila Ferteco. A barragem estava há mais de três anos inativa, sem receber resíduos. A última auditoria, datada de 10 de janeiro, não apontou nenhuma irregularidade, segundo a mineradora. A Vale ainda não sabe o que motivou o rompimento. Com Agência Brasil

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!