Atlético pressiona, marca no fim e empata em Juiz de Fora

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Foto: Divulgação/Atlético-MG

Em partida válida pela 8ª rodada do Campeonato Mineiro, o Atlético criou várias oportunidades, mas esbarrou na grande atuação do goleiro Vilar e empatou por 1 a 1 com o Tupi, neste domingo, no Estádio Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Vitinho fez para o time da casa, no primeiro tempo, e Cazares empatou com um golaço de fora da área, aos 43 minutos da etapa final.

Com a igualdade na Zona da Mata, o Galo permaneceu em terceiro lugar na tabela de classificação, com 12 pontos.

Na próxima rodada, o adversário será o Cruzeiro, às 11h de domingo, na Arena Independência.

Antes do clássico, o Galo irá a Florianópolis enfrentar o Figueirense, quarta-feira, no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

O JOGO

O Galo fez a sua primeira tentativa com Róger Guedes, mas o chute de fora da área do atacante atleticano foi travado pelo zagueiro. Em seguida, Patric fez boa jogada pela direita e cruzou rasteiro para o corte da zaga.

Aos seis minutos, Ricardo Oliveira recebeu lançamento de Fábio Santos na grande área pela esquerda e finalizou para a defesa de Vilar.

O Atlético teve grande oportunidade pela direita, no cruzamento rasteiro de Erik para Ricardo Oliveira, que não conseguiu a conclusão.

A equipe da casa abriu o placar aos 16 minutos, em chute cruzado de Vitinho. Em lance na entrada da área, aos 22, Róger Guedes tentou passar por dois marcadores, mas foi desarmado.

O empate atleticano quase aconteceu aos 33 minutos, quando Elias chutou forte de fora da área e Vilar fez grande defesa no canto esquerdo. Em seguida, Tomás Andrade cruzou pela esquerda e a defesa do Tupi afastou o perigo.

Erik tentou jogada pela esquerda, aos 38 minutos, mas não conseguiu evitar a saída de bola depois de fintar o zagueiro Sidimar. Aos 41, Andrade cobrou falta para a área e a zaga fez o corte pelo alto.

O Atlético iniciou o segundo tempo sem mudanças no time e foi logo levado perigo na jogada de Erik e Ricardo Oliveira, mas a defesa do tupi conseguiu o desarme.

Elias recebeu cruzamento de Róger Guedes na área e ajeitou para o arremate de Erik, por cima do gol.

Aos cinco minutos, Elias sofreu falta perto da área, Ricardo Oliveira fez a cobrança e a bola saiu rente à trave. O camisa 9 tentou novamente aos 13 minutos, quando recebeu passe de Elias na entrada da área e finalizou para a defesa de Vilar.

Róger Gudes quase empatou após receber passe de Elias e concluir para a defesa de Vilar. Victor fez boa defesa no chute de Reis, aos 20 minutos.

Thiago Larghi promoveu duas alterações na equipe, aos 22, substituindo Erik por Cazares e Róger Guedes por Luan.

Fábio Santos foi à linha de fundo pela esquerda e tentou finalização, parando em outra defesa de Vilar. Aos 28, Luan arriscou de fora da área, por cima do gol.

Otero entrou em campo aos 33 minutos, no lugar de Tomás Andrade. No minuto seguinte, Victor fez grande defesa no chute de Léo Costa.

O Galo tentou no cruzamento de Luan pela direita, cortado pela zaga do Tupi. Aos 40 minutos, Patrick cruzou pela direita e Elias cabeceou para fora. Depois de lance em que Fábio Santos recebeu lançamento de Otero e foi derrubado na área, aos 43, Cazares soltou a bomba de fora da área e empatou a partida: 1 x 1.

O Atlético foi para cima e teve uma última chance na cobrança de escanteio de Otero, mas a bola atravessou a área.

FICHA TÉCNICA
TUPI 1 x 1 ATLÉTICO

Motivo: Campeonato Mineiro – 8ª rodada
Data: 24/2/2018
Hora: 17h
Estádio: Radialista Mário Helênio
Cidade: Juiz de Fora (MG)
Gols: Vitinho (16’ – 1ºT), Cazares (43’ – 2ºT)
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (Avançado CBF)
Assistentes: Sidmar dos Santos Meurer (CBF) e Pedro Araújo Dias Cotta (Especial FMF)
4º Árbitro: Enivaldo Lopes da Silva (FMF)
Instrutor: Rogério Pereira da Costa
Cartões amarelos: Patric, Róger Guedes (Atlético); Arthur Sanches, Léo Salino, Léo Costa (Tupi)

Tupi
Vilar; Afonso, Sidimar, Mateus, Patrick Brey, Léo Costa, Léo Salino, Tchô (Marciel), Vitinho (Patrick), Renato Kayser (Diogo) e Reis. Técnico: Ricardo Leão.

Atlético
Victor; Patric, Maidana, Gabriel e Fábio Santos; Arouca, Elias, Tomás Andrade (Otero), Erik (Cazares), Róger Guedes (Luan), Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi.
Com site do Atlético-MG

PUBLICIDADE
Don`t copy text!