Distribuidora de combustíveis tem acesso à BR-101 por meio de liminar

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O juiz Eron Simas dos Santos, da 1ª Vara Cível de Campos dos Goytacazes, concedeu liminar à Ipiranga Produtos de Petróleo para garantir o livre acesso de caminhões ao pool operacional da empresa, na Estrada São Benedito, no norte fluminense. A distribuidora temia que os caminhoneiros em protesto na Rodovia BR – 101, em Campos, impedissem a entrada e saída dos veículos transportadores de combustíveis.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O magistrado escreveu, na decisão, “que a medida se restringe a entrada e saída de caminhões da refinaria e não da ocupação da rodovia pelos caminhoneiros, que é competência, neste caso, da Justiça Federal”. Na decisão, o juiz Eron Simas fixou, ainda, multa de R$ 500 a quem desobedecer a ordem.

Prejuízos
A concessionária de energia Light informa que, a partir de hoje (24), começa a restringir seu atendimento, devido à crise de abastecimento de combustível, que também já afeta a distribuidora de energia. O plano de contingência da empresa é para atender serviços considerados essenciais, como escolas, hospitais, delegacias e serviços emergenciais, que coloquem em risco a segurança de seus clientes.

O BRT informa que, por causa do problema de falta de abastecimento de combustível, a operação ocorre de forma parcial. Os serviços que circulam na Avenida Cesário de Melo, em Campo Grande e no trecho entre Madureira e a Cidade Universitária, na Ilha Fundão continuam interrompidos.

De acordo com o Metrô Rio, as linhas 1, 2 e 4 operam normalmente. O mesmo acontece com os trens dos ramais Deodoro, Japeri, Belford Roxo, Santa Cruz e Santa Cruz operam normalmente.

A CCR Barcas, que explora o serviço aquaviário na Baía de Guanabara, informa que adotou medidas de contingência para minimizar o impacto no transporte aquaviário nos dias 25, 26, 27 e 28 de maio. Na linha Arariboia, que liga à Praça XV a Niterói, o serviço será interrompido no fim de semana, nos dias 26 e 27.

Nas linhas Charitas, Paquetá e Cocotá haverá o cancelamento de algumas viagens. A medida autorizada pela Secretaria de Estado de Transportes, vai gerar uma redução de 8% no número de travessias realizadas pela concessionária regularmente.

Cedae
Devido aos bloqueios de carretas nas estradas com a greve dos caminhoneiros, o governo e a Cedae estão em contato com os fornecedores de produtos químicos a fim de evitar que haja atrasos e interrupção no fornecimento para garantir o tratamento de água nas estações operadas pela companhia. No momento, a dificuldade de entrega está causando baixa no estoque dos produtos químicos. A companhia permanecerá agindo para que suas atividades de produção continuem sem interrupção, mas pede à população que economize água até que seja restabelecida a normalidade na entrega dos produtos químicos necessários e fundamentais ao tratamento. Com Agência Brasil

PUBLICIDADE
Don`t copy text!