Polícia Federal prende passageiros transportando metanfetamina e cocaína

A Polícia Federal, no Aeroporto Internacional de São Paulo, em ação conjunta com a Receita Federal, prendeu entre os dias 22 e 24/1 dois passageiros de voos internacionais transportando drogas em suas bagagens.

Servidores da Receita Federal, que atuam junto aos canais de inspeção, selecionaram um passageiro que desembarcou de voo proveniente de Guadalajara, no México, para fiscalização de seus pertences por meio do aparelho de raio-x. As imagens revelaram uma grande quantidade de substância suspeita no interior de uma mala. Aberta a bagagem, foram encontrados, envoltos em fronhas e edredons, 6 Kg de substância na forma de cristais. Conduzido à PF, o homem, nacional do México, de 33 anos de idade, foi preso após os exames confirmarem que a substância suspeita era metanfetamina.

Na madrugada de hoje, uma equipe de servidores da Receita Federal que atua na fiscalização de bagagens despachadas, com o auxílio do aparelho de raio-x, identificou substância orgânica oculta na bolsa de uma passageira que embarcaria com destino a cidade de Malé, nas Ilhas Maldivas. A mulher, uma brasileira de 30 anos de idade, foi conduzida à PF e presa após os policiais identificarem a substância como cocaína, cujo volume somou 3 Kg.

Os presos serão apresentados à Justiça Federal onde responderão pelo crime de tráfico internacional de drogas. Com informações da Assessoria de Comunicação Social da Polícia Federal em São Paulo.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!