Bolsonaro e comitiva deixam Davos, após participação no Fórum Mundial

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Após participar do Fórum Econômico Mundial, o presidente Jair Bolsonaro e comitiva deixaram a cidade de Davos, na Suíça, nesta quinta-feira (24), e seguiram para Zurique, depois para Las Palmas (Espanha), última escala antes de seguir para Brasília. O embarque do presidente da cidade espanhola está previsto para as 22h50 (hora local).

Antes de deixar a Suíça, o presidente disse que, com a colaboração do Congresso Nacional, há condições de implementar no Brasil as medidas anunciadas por ele durante o encontro. Ele apelou para que Câmara e Senado apoiem o governo federal.

Bolsonaro também fez um balanço positivo da participação brasileira no fórum. Segundo ele, há um clima de otimismo entre líderes políticos e empresários estrangeiros. “Fui procurado por vários líderes e empresários. Todos interessados no Brasil”, ressaltou. “O Brasil é visto com muito carinho.”

Cirurgia
Assim que chegar ao Brasil, o presidente Jair Bolsonaro passará no domingo (28) por cirurgia para a retirada da bolsa de colostomia. Segundo o porta-voz da Presidência da República, general Otávio Santana do Rêgo Barros, será montada uma estrutura no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, para o presidente poder despachar durante o período de recuperação da cirurgia. A primeira-dama, Michelle Bolsonaro, acompanhará o marido no período de internação.

Bolsonaro usa uma bolsa de colostomia desde que foi esfaqueado em um ato de campanha, em Juiz de Fora, no dia 6 de setembro. A facada atingiu o intestino e Bolsonaro foi submetido a duas cirurgias, uma na Santa Casa de Juiz de Fora e outra no Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

O presidente passou 22 dias internado e desde então está com a bolsa de colostomia, que funciona como um intestino externo e possibilita a recuperação do intestino grosso e delgado. Com Agência Brasil

Don`t copy text!