Polícia Militar reforça fiscalização da onda roxa em MG com utilização de helicópteros e drones

A Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) está utilizando helicópteros e drones para monitorar aglomerações de pessoas em espaços públicos e também possíveis festas clandestinas nas regiões do estado. Além de apoiar os municípios na manutenção do isolamento social, o objetivo da ação policial é reforçar as ações de fiscalização em cumprimento às medidas relacionadas à onda roxa do plano Minas Consciente, determinadas pelo Governo de Minas, por meio Comitê Extraordinário Covid-19.

Em Uberlândia, no Triangulo Mineiro, por exemplo, no último fim semana, a aeronave Pégasus apoiou a operação realizada pela PMMG, em conjunto com o Corpo de Bombeiros Militar e a Marinha do Brasil, no entorno da Represa de Miranda. Como resultado da ação, três embarcações irregulares foram apreendidas, sendo uma conduzida por menor de idade, além de 14 notificações de trânsito geradas e três veículos removidos.

De acordo com a porta-voz da PMMG, capitão Layla Brunnela, a utilização das aeronaves do Comando de Aviação do Estado (Comave) e o uso de drones é um reforço nas ações que estão sendo executadas pela PMMG em terra.

“A estratégia tem como objetivo a identificação de locais com aglomeração de pessoas, incluindo aqueles rotineiramente utilizados para a prática de atividades físicas, e dos eventos clandestinos. A partir desse monitoramento, as equipes em solo serão acionadas para realizarem as abordagens e impedirem a continuação da irregularidade verificada”, destaca. Com Agência Minas

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!