Rapaz é morto com golpes de facão no Cecília Meireles

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Equipes militares de Pará de Minas estiveram na madrugada de segunda-feira (23) na Rua Dois, Condomínio 04, bloco 05, no Residencial Cecília Meireles, para averiguar informações que um homem havia sido atingido por golpes de facão.

No local, um vizinho da vítima relatou aos policiais que estava em seu apartamento quando escutou uma pessoa gritando na escada e ao verificar a situação, viu um homem agredindo o jovem de 27 anos, com golpes de facão.

Ainda segundo a testemunha, ao perceber sua presença, o autor fugiu para uma mata de seringueiras, que fica nas proximidades, deixando a vítima no local. A vítima teria pedido ao homem, mesmo com dificuldades para falar devido aos ferimentos, que acionasse a Polícia e os Bombeiros, o que foi feito pela testemunha.

Enquanto foi à entrada do condomínio fazer as ligações para a PM e os Bombeiros, o autor retornou à escada onde a vítima estava e lhe desferiu novos golpes de facão, fugindo novamente em direção ao matagal, com a arma do crime. O Corpo de Bombeiros Militar chegou ao local e constatou o óbito da vítima.

Os militares receberam informações que o veículo Corsa de propriedade da vítima estava estacionado nas proximidades, aberto, com os pneus furados. Vizinhos informaram que minutos antes do homicídio, os pneus do carro da vítima, haviam sido furados por um homem, com as mesmas características do autor dos golpes de facão, o que provavelmente pode ter sido um dos motivos dos atritos entre vítima e autor, que resultaram no crime.

A vítima foi identificada através dos documentos encontrados em seu apartamento, que estava aberto, como um jovem de 27 anos, que tinha passagem policial por associação para o tráfico de drogas e estava morando a cerca de dois meses de aluguel em um apartamento do condomínio.

A Perícia Técnica da Polícia Civil fez seus trabalhos no local, liberando o corpo para a funerária local. A PM continua o rastreamento ao autor do citado homicídio e pede à população que colabore com informações pelos telefones 190 ou 181, Disque Denúncia Unificado.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!