Prazo de inscrições para Reconhecimento de Paternidade Itinerante é prorrogado

Em razão de medidas de prevenção ao contágio pelo novo coronavírus, o evento realizado pelo Judiciário mineiro que leva até o cidadão o serviço de reconhecimento de paternidade, e também de maternidade, biológica ou socioafetiva foi adiado para 8 de maio. Portanto, as inscrições para a quinta edição do CRP Itinerante foram prorrogadas para 20 de abril.

Os interessados devem preencher o formulário de pré-inscrição online.

O formulário e a documentação necessária para o atendimento estão disponíveis na página do Portal TJMG > Ações e Programas > Centro de Reconhecimento de Paternidade.

O Centro de Reconhecimento de Paternidade (CRP), serviço oferecido pela Comarca de Belo Horizonte, recebe e ouve, diariamente, as mães e filhos maiores que desejam obter o reconhecimento de paternidade de seus filhos, ou de si mesmos, para dar início ao procedimento de averiguação de paternidade.

Em sua modalidade itinerante, o CRP realiza, em parceria com entidades da sociedade, um dia de mutirão de atendimento em diversos pontos da capital.

O objetivo é facilitar o acesso ao serviço para crianças, adolescentes e adultos que não possuem o nome do pai ou da mãe em seu registro de nascimento, para que possam preencher essa lacuna em seus documentos e, principalmente, em sua vida.

Nas quatro edições anteriores, o CRP Itinerante atendeu à população no Aglomerado da Serra, no Bairro Betânia (em duas edições seguidas) e na região do Barreiro.

A quinta edição será realizada em parceria com a PUC Minas São Gabriel, a partir das 9h do dia 8 de maio, e pretende atender, principalmente, as comunidades e bairros no entorno da instituição.

O acesso à PUC Minas São Gabriel deverá ser feito pela Rua Edson Silveira, 130, no bairro São Gabriel, em Belo Horizonte. O mutirão será realizado no Serviço de Assistência Judiciária (SAJ) do curso de Direito da Unidade, Prédio G.

Reconhecimento
Em fevereiro deste ano, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) foi premiado no X Prêmio Conciliar é Legal, na categoria Tribunal de Justiça, pela iniciativa Paternidade para Todos, que estimula o reconhecimento de paternidade.

O presidente do TJMG, desembargador Nelson Missias de Morais, recebeu o prêmio acompanhado da 3ª vice-presidente do TJMG, desembargadora Mariangela Meyer, da juíza da Vara de Registros Públicos de Belo Horizonte, Maria Luiza de Andrade Rangel Pires, e do juiz auxiliar da 3ª Vice-Presidência, José Ricardo Véras.

Na ocasião, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Dias Toffoli, destacou a importância da iniciativa para o resgate da cidadania. Com informações da Assessoria de Comunicação Institucional do TJMG

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!