França torna mais rigorosas regras de isolamento com a elevação de multas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Na França, o governo tornou mais rigorosas medidas para conter a disseminação do novo coronavírus (Covid-19) com um reforço das punições previstas para pessoas que não cumprirem restrições de circulação.

As medidas de isolamento impostas terça-feira preveem que os habitantes do país basicamente permaneçam em casa. Só é permitido sair para comprar alimentos ou outros artigos de necessidade diária, ir a hospital ou mesmo ir trabalhar caso não seja possível fazê-lo no próprio lar.

Quem sai de casa precisa levar consigo um formulário em que estejam preenchidas as razões para deixar a moradia. Os infratores estão sujeitos ao pagamento de multa de 135 euros.

Contudo, numerosos indivíduos já foram multados por violar as regras.

Domingo, um funcionário do Ministério do Interior declarou que qualquer reincidência em um período de 15 dias sujeita os infratores ao pagamento de multa de até 1.500 euros.

Além disso, se alguém que deixar de obedecer as regras cometer violações repetidas vezes em um período de 30 dias estará sujeito a multa de 3.700 euros e a seis meses de prisão. Com informações da TV NHK do japão

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!