Conmebol oficializa Comitê Organizador Local da Copa América 2019 no Brasil

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Foto: Divulgação/Imprensa CONMEBOL

Em reunião do Conselho da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) realizada nesta sexta-feira (23), no Uruguai, a entidade oficializou o início dos trabalhos do Comitê Organizador Local (COL) da Copa América 2019, a ser realizada no Brasil. No encontro, que reuniu representantes das dez confederações do continente, foram aprovadas a estrutura organizacional e a matriz de responsabilidades e definidos os primeiros passos operacionais para a preparação do torneio.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O COL será gerido por um Conselho de Administração formado por cinco integrantes, a saber: o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) Antônio Carlos Nunes de Lima, o Vice-Presidente da CBF Fernando Sarney, que presidirá o Conselho, o Diretor Executivo de Gestão da CBF, Rogério Caboclo, que será o CEO, além dos ex-jogadores campeões mundiais pela Seleção Brasileira, Cafu e Branco.

— É um orgulho darmos início aos preparativos para realizar uma Copa América inesquecível, num país que traz a experiência recente de organizar grandes eventos esportivos. A Conmebol vive um novo momento e temos certeza que será uma competição histórica, que volta ao Brasil após 30 anos — destacou o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez.

O COL estará sediado na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, e terá como Diretor Operacional o ex-atleta olímpico Agberto Guimarães. Comporão a equipe de trabalho profissionais com experiência na organização da Copa do Mundo do Brasil e da Olimpíada Rio 2016.

— Entramos agora num período de trabalho acelerado para realizar a melhor Copa América da história, que fechará um ciclo de eventos esportivos no país. Aproveitando a experiência do Cafu, do Branco e dos profissionais do COL, certamente estaremos preparados para receber as nações latino-americanas e demais países convidados — afirmou Fernando Sarney.

Durante o encontro desta sexta-feira, os dirigentes sul-americanos conheceram o cronograma de atividades e as ideias do COL em relação à estruturação do evento.

— Apresentamos o projeto e aprovamos os aspectos gerais da competição, que será realizada de 14 de junho a 7 de julho. Nas próximas semanas haverá novas definições, como as cidades sedes e as seleções participantes. O Brasil conta com estruturas esportivas qualificadas, que estão passando por vistorias para que a Conmebol e o COL possam tomar essas decisões, que serão informadas tão logo seja possível — finalizou Rogério Caboclo.

Esta será a quinta vez que a Copa América será realizada no Brasil, que sediou o torneio nos anos de 1919, 1922, 1949 e 1989. Com site da CBF

PUBLICIDADE