Atingidos por tragédia da Vale em Brumadinho ainda buscam reparação

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A busca por uma efetiva reparação dos danos provocados pelo rompimento da Barragem B1, da mineradora Vale, em Brumadinho (Região Metropolitana de Belo Horizonte) deu o tom de audiência pública da Comissão de Direitos Humanos que discutiu o impacto da tragédia nos municípios da Bacia do Rio Paraopeba. A reunião foi realizada ontem (21), na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

“Não foi acidente, a Vale mata rio, mata peixe e mata gente” repetiam, de tempos em tempos, as centenas de pessoas que acompanharam a audiência e lotaram o Espaço Democrático José Aparecido, que fica na área externa da Assembleia.

A principal reivindicação dos atingidos, no momento, é que a Justiça obrigue a Vale a continuar repassando o auxílio emergencial que a empresa paga às famílias já reconhecidas como diretamente afetadas, por mais 12 meses, no mínimo, ou até que a reparação completa dos danos seja feita; que não acabe em 25 de janeiro de 2020, como está previsto.

Entre outras lutas, também tentam garantir que as buscas pelos 15 corpos ainda desaparecidos não sejam interrompidas no período chuvoso. O rompimento da Barragem B1 da mineradora Vale, em Brumadinho, no dia 25 de janeiro deste ano, deixou um saldo de 270 mortos, sendo que 255 tiveram os corpos localizados.

“É importante que continuemos a discutir o assunto, mesmo dez meses depois do rompimento em Brumadinho, para que tragédia não caia no esquecimento”, afirmou a presidenta da Comissão de Direitos Humanos, deputada Leninha (PT).

“Não podemos nos calar. Ficou provado na CPI que foi um crime, que a Vale tinha elementos para acionar o plano emergencial na barragem, desde junho de 2018”, afirmou, emocionado, o deputado André Quintão (PT), que foi relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Barragem de Brumadinho, que investigou a tragédia, na ALMG. Com ALMG

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!