Primeiro álbum solo de Paul McCartney completa 50 anos

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Há 50 anos, o lendário Paul McCartney lançava seu primeiro álbum solo, após a separação oficial dos Beatles. Intitulado “McCartney”, o disco, que contém 13 faixas, ficou conhecido pelo fato de o britânico ter tocado todos os instrumentos e gravado todos os vocais para o compilado. Considerada o grande sucesso do álbum, a canção “Maybe I’m Amazed” ganhou um vídeo especial no canal oficial do cantor, no YouTube.

Para aumentar ainda mais a ansiedade dos fãs de Paul, ele fez uma première na plataforma, na manhã desta quinta-feira (16), e seus admiradores puderam acompanhar a contagem regressiva para o lançamento do vídeo. “Maybe I’m Amazed” foi escrita pelo artista em homenagem à sua primeira esposa, Linda McCartney. Apesar de não ter sido lançada como single, a música se tornou um dos maiores hits da carreira solo do britânico.

Embora “McCartney” tenha sido gravado quase que inteiramente em sua residência, em Londres, Paul também contou com o apoio logístico dos estúdios Morgan e Abbey Road. Após o fim dos Beatles, em 1970, o artista se jogou numa carreira solo de conquistas, com mais de 20 álbuns lançados, inúmeros sucessos, e posições de prestígio nas paradas musicais. Ele foi o primeiro integrante dos Beatles a ostentar o título de “Sir”, honraria que lhe foi concedida pela Rainha Elizabeth II, nos anos 60.

Mesmo após 50 anos do fim dos Beatles, a banda formada por Paul McCartney, John Lennon, George Harrison e Ringo Starr ainda é considerada uma das mais influentes do mundo. O quarteto fez sucesso global na década de 60, com o estilo revolucionário que implantou no cenário musical. Em 1965, a Rainha Elizabeth II também condecorou os Beatles com a “Ordem do Império Britânico”. Paul McCartney foi o compositor e coautor de várias músicas de sucesso do grupo, como “Yesterday”, “Another Day”, “Michelle”, “And I Love Her”, entre outras.

O britânico, de 77 anos, esbanja energia e carisma por onde passa. Paul se apresentou no Brasil em diversas ocasiões. A última vez foi no ano passado, quando aterrissou em São Paulo e Curitiba com a turnê “Freshen Up”, onde fez três shows.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!