Trio é suspeito de matar proprietário de fazenda em São José da Varginha. Esposa dele segue internada em estado grave

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Uma equipe da Polícia Militar esteve na noite de quinta-feira (21) em uma fazenda próxima ao povoado de Fundão em São José da Varginha.

No local, já sem vida, foi encontrado o proprietário do imóvel de 60 anos. A esposa dele, de 54 anos, foi socorrida ao Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC) em Pará de Minas com ferimentos aparentemente graves.

De acordo com o relato da mulher e com indícios colhidos no local, o casal foi vítima de roubo em que três indivíduos invadiram o imóvel e agrediram as vítimas.

Segundo ela, por volta de 19h30, chegaram à fazenda três homens encapuzados que a agrediram com pauladas e perguntavam pelo seu marido. Ela não conseguiu informar mais detalhes.

Devido ao apelido de um dos infratores, citado por um deles durante o assalto e outros detalhes, a vítima desconfia que os autores sejam dois funcionários da própria fazenda, ambos de 20 anos, sendo que um deles havia sido demitido na manhã de quinta-feira. O terceiro seria um adolescente de 15 anos, parente de um dos suspeitos.

Durante vistoria nas dependências da fazenda, foi encontrado o corpo do proprietário, de 60 anos. Ele estava sem os braços e o pescoço amarrado com uma corda. Foram constatados também sinais de ferimentos e o corpo estava próximo a uma caminhonete F1000, provavelmente dos moradores, que estava em posição de choque contra a parede da residência.

A Perícia da Polícia Civil fez os trabalhos no local, encontrando duas perfurações no corpo da vítima, na região do abdômen e do peito. Não foi possível no momento, precisar qual o tipo de arma ou objeto causou estas perfurações.

Foram encontrados 03 cartuchos deflagrados, calibre .20. Vizinhos disseram ter escutado disparos de arma de fogo.

Foi encontrado na residência, o documento de identidade de um dos suspeitos e uma carteira, contendo documentos de outro jovem, ligado aos suspeitos.

A PM está em rastreamento pelos três acusados do crime e pede à população que colabore com informações pelos telefones 190 ou 181, Disque Denúncia.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!