Definidos os partidos que presidirão as 25 comissões permanentes da Câmara

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Cinquenta dias depois do início do ano legislativo, os líderes da Câmara dos Deputados entraram em acordo e definiram nesta quarta (22) os partidos que comandarão os trabalhos das 25 comissões permanente da Casa. As comissões são responsáveis pela análise, discussão e votação de projetos antes de serem apreciados pelo plenário.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O PMDB, que detém a maior bancada da Câmara, comandará a Comissão de Constituição e Justiça; a Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento e a Comissão de Viação e Transportes.

O PT, com a segunda maior bancada, presidirá a Comissão de Desenvolvimento Urbano, a Comissão de Direitos Humanos e Minorias a Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

O PSDB também comandará três comissões: Relações Exteriores e de Defesa Nacional, Educação, além da de Defesa dos Direitos da Mulher. Outros 11 partidos ocuparão 16 comissões, conforme tabela abaixo, de acordo com a ordem de escolha definida pela proporcionalidade das bancadas na Câmara.

“Finalmente, a alma da Câmara dos Deputados, que estava sem funcionamento, levando uma série de prejuízos, a estagnação na discussão dos projetos, e acima de tudo, a integração com a sociedade que visita as comissões, vem defender seus interesses nas diversas áreas que perfazem o Congresso Nacional. Então, hoje demos um passo para o funcionamento real da Casa”, avaliou a deputada Alice Portugal (BA), líder do PCdoB, partido que ficou com o comando da Comissão do Trabalho, Administração e Serviço Público.

Ainda hoje, os partidos devem indicar os membros que vão compor cada comissão e, em comum acordo entre eles, podem até mudar as comissões. A eleição dos presidentes e a instalação das comissões estão marcadas para ocorrer na quinta (23).

A partir de agora, o próximo ponto de negociação dos líderes dos partidos deve ser a definição da composição do Conselho de Ética da Câmara, prevista para ocorrer até o final deste mês.

Com Agência Brasil

PUBLICIDADE
Don`t copy text!