MG discute ações de enfrentamento durante reunião da Comissão Federal da Covid-19

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O governador Romeu Zema participou na tarde desta terça-feira (21), por videoconferência, de reunião da Comissão Federal da Covid-19 para discutir as ações realizadas no estado no combate à pandemia. O ministro interino da Saúde, general Eduardo Pazuello, e o secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, o médico neurocirurgião Carlos Eduardo Amaral, também participaram da discussão.

O governador agradeceu o apoio do Ministério da Saúde nas ações desenvolvidas em Minas e solicitou auxílio em ações e demais recursos, como no envio de medicamentos e suporte no credenciamento de novos leitos de UTI junto ao Sistema Único de Saúde (SUS).

Zema apresentou os resultados do Estado e destacou a condução dos trabalhos no enfrentamento ao coronavírus. Minas Gerais é, atualmente, o segundo estado do país com a menor taxa de mortalidade da doença a cada cem mil habitantes.

“Se nós compararmos com os demais estados, podemos dizer que temos feito um trabalho que está acima da média. Infelizmente, rompemos a barreira dos 2 mil óbitos. Mas, quando se fala em taxa de óbito por cem mil habitantes, somente o estado do Mato Grosso do Sul tem um número menor do que o nosso. Continuamos ampliando o número de leitos, de respiradores”, frisou o governador Romeu Zema.

O secretário de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, destacou a agilidade e organização do Estado para estruturar a rede pública de Saúde, a fim de atender à demanda de pacientes com a doença. Ele ressaltou, ainda, que o apoio do governo federal, prefeituras e parlamentares foi fundamental neste processo.

“Criamos um comitê integrador com as demais secretarias de Estado e centralizamos as ações, criando um plano de contingência para identificarmos estruturas hospitalares que tivessem condições de ampliar a quantidade de leitos e estruturar, junto com os municípios, a rede de atendimento”, disse.

Resultados
O ministro interino da Saúde, general Eduardo Pazuello, ressaltou o trabalho realizado em Minas Gerais e garantiu o apoio necessário no combate à covid-19.

“Tenho acompanhado o trabalho em Minas Gerais, um trabalho excepcional, de gestão. É um estado grandioso e precisa ter medidas grandiosas também. Quero dizer que a gente vai coordenar uma outra ida a Minas para poder me aproximar de vocês e apoiar em tudo o que for necessário”, afirmou o ministro.

A reunião foi realizada a pedido do líder da bancada mineira na Câmara Federal, deputado Diego Andrade, e contou com a participação de outros parlamentares mineiros e membros do Ministério da Saúde. O deputado estadual Arlen Santiago também participou da discussão, além de demais representantes de classe e deputados federais de outros estados. Com Agência Minas

PUBLICIDADE
Don`t copy text!