Covid-19 mata cacique da aldeia Sapukai em Angra dos Reis

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Morreu hoje (21), vítima da covid-19, o cacique Domingos Venite, de 68 anos, da aldeia Sapukai, em Angra dos Reis, costa verde do Rio de Janeiro.

O cacique estava internado no Centro de Referência para Tratamento da Covid-19, antiga Santa Casa, desde o dia 23 de junho.

Segundo a prefeitura de Angra dos Reis, a aldeia Sapukai é uma comunidade de 340 pessoas. A Vigilância Epidemiológica do município informou que há, atualmente, 85 casos positivos da doença na aldeia e, destes, 84 estão recuperados, 15 suspeitos e não há internações. A aldeia fica às margens da BR-101 (Rio-Santos), na altura do bairro de Bracuí.

Segundo a secretaria de saúde do município, foi instalado um módulo de atendimento dentro da aldeia, que está isolada. A prefeitura de Angra dos Reis decretou luto pela morte do cacique.

Com base no protocolo da Anvisa para a covid-19, a aldeia Sapukai não poderá fazer qualquer velório ou ritual de morte do cacique. Com Agência Brasil

PUBLICIDADE
Don`t copy text!