Zanardi é transferido para centro de reabilitação, após um mês sedado

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O ex-piloto de Fórmula 1 e campeão paralímpico de ciclismo Alessandro Zanardi foi retirado da sedação de coma induzido e transferido para um centro especializado em reabilitação neurológica, segundo a agência Reuters. O atleta foi hospitalizado em estado grave no dia 19 de junho, após violenta colisão com um caminhão, durante uma prova de ciclismo adaptado. De acordo com o boletim médico divulgado pelo hospital Santa Maria alle Scotte, em Siena (Itália), o quadro de saúde de Zanardi é estável, mas a situação neurológica permanece crítica.

“Depois de concluída a sedação, a normalização dos parâmetros cardiorrespiratórios e metabólicos, a estabilização das condições clínicas gerais e o quadro neurológico permitiram a transferência do campeão para um centro especializado em reabilitação funcional”, esclarece o boletim médico.

Durante o período de hospitalização, Zanadi, de 53 anos, passou por três procedimentos cirúrgicos de alta complexidade. De acordo com Valtere Giovannini, diretor do hospital, “a estabilização de suas condições clínicas e seus parâmetros vitais permitiram a redução e depois a suspensão do tratamento. Assim, ele pode ser transferido para outra estrutura para continuar com a necessária reabilitação neurológica”.

Antes de abraçar o ciclismo adaptado, Zanardi brilhou como piloto de Fórmula 1 e também em outras categorias de velocidade, Em 2001 teve de abandonar as pistas após um terrível acidente durante uma corrida na Alemanha. O piloto teve de amputar as duas pernas e, após a recuperação, escolheu seguir carreira no paraciclismo.

No último dia 24, o papa Francisco enviou uma carta a Zanardi, na qual classificou a vida do atleta como “uma lição de humanidade”, exaltando sua capacidade de superação. Com Agência Brasil

PUBLICIDADE
Don`t copy text!