Coritiba perde quatro jogos seguidos no Brasileirão e demite técnico Eduardo Barroca

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Caiu o primeiro técnico no Campeonato Brasileiro. O Coritiba anunciou nesta quinta-feira (20), a demissão de Eduardo Barroca. Além do treinador, o diretor executivo Rodrigo Pastana também foi desligado do clube.

O Coxa é o lanterna do Brasileirão, com quatro derrotas em quatro partidas, marcou apenas um gol e sofreu seis. O revés diante do Corinthians por 3 a 1, na noite desta quarta-feira (19), decretou a saída de Barroca e Pastana.

O técnico Eduardo Barroca foi contratado no fim de 2019 para comandar a equipe a partir de 2020. O treinador tinha a missão de substituir Jorginho, que conquistou o acesso do Coxa à Série A. Jorginho, no entanto, acabou não renovando contrato e Barroca foi a opção.

Eduardo Barroca foi vice-campeão do Campeonato Paranaense, perdendo as duas partidas da final para o rival Athletico-PR, por 1 a 0 e 2 a 1. O Coritiba foi eliminado da Copa do Brasil pelo modesto Manaus, ainda na primeira fase, após derrota por 1 a 0.

Rodrigo Pastana estava no Coritiba desde o fim de 2018 e foi o responsável por montar o elenco que conseguiu o acesso à Série A. Além do diretor executivo e do técnico, o clube confirmou o desligamento do auxiliar Felipe Lucena e do preparador físico Anderson Gomes.

Enquanto não contrata um novo treinador, o clube confirmou que o auxiliar técnico Mozart vai comandar a equipe de maneira interina para o confronto com o Bragantino, no próximo domingo (23), às 16h (horário de Brasília), no Estádio Nabi Abi Chedid. Com Agência Brasil

PUBLICIDADE
Don`t copy text!