São Paulo se aproxima de 20 mil mortes e 415 mil infectados por covid-19

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O estado de São Paulo registrou até ontem (19) um total de 19.732 mortes e 415.049 casos confirmados de infecção por covid-19. Do total de casos diagnosticados da doença, 270.203 pessoas estão recuperadas, sendo que 58.605 foram internadas e tiveram alta hospitalar.

As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 65,1% na Grande São Paulo e 66,9% no estado. O número de pacientes internados é de 14.814, sendo 8.812 em enfermaria e 6.002 em unidades de terapia intensiva.

Perfil da mortalidade
Entre as vítimas fatais, 11.392 são homens e 8.340 mulheres. Os óbitos continuam concentrados em pacientes com 60 anos ou mais, totalizando 74,8% das mortes.

Em relação a faixas etárias, a mortalidade é maior entre 70 e 79 anos (4.864), seguida pelas faixas de 60 a 69 anos (4.586) e 80 e 89 anos (3.943). Entre as demais faixas estão os menores de 10 anos (28), 10 a 19 anos (36), 20 a 29 anos (163), 30 a 39 anos (638), 40 a 49 anos (1.371), 50 a 59 anos (2.751) e maiores de 90 anos (1.352).

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde de SP, os principais fatores de risco associados à mortalidade são cardiopatia (58,5% dos óbitos), diabetes mellitus (43,2%), doenças neurológicas (11%) e renais (9,8%) e pneumopatia (8,3%).

Outros fatores identificados são obesidade (7%), imunodepressão (6%), asma (3,1%), doenças hepáticas (2,2%) e hematológicas (1,9%), Síndrome de Down (0,5%), puerpério (0,1%) e gestação (0,1%). Esses fatores de risco foram identificados em 15.794 pessoas que morreram por covid-19 (80%). Com Agência Brasil

PUBLICIDADE
Don`t copy text!