Banco Mundial aprova novos investimentos para projeto que ajudará comunidades rurais do Ceará

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O Banco Mundial aprovou na quinta-feira (18), em Washington, projeto para ajudar comunidades rurais do Ceará a ampliar o acesso a mercados, água e saneamento.

A iniciativa estimulará a adoção de práticas e tecnologias resilientes ao clima. O empréstimo tem valor de US$ 100 milhões e beneficiará 90 mil pessoas na área rural.

Seca Persistente
O Ceará tem 91% do território em regiões semiáridas e é um dos estados mais secos do Brasil. Embora a agricultura represente apenas 4,5% do PIB do estado, consiste na principal atividade econômica nas áreas rurais.

Nos últimos seis anos, o setor vem sofrendo com uma seca persistente, que teve impactos sobre a produção de alimentos e diminuiu a renda dos agricultores.

A economista agrícola Barbara Farinelli, do Banco Mundial, explica de que forma o novo projeto pode apoiá-los.

“Esse projeto dá continuidade a uma parceria já existente entre o Banco e o estado do Ceará. Nessa nova fase, o projeto vai dar maior ênfase na sustentabilidade dos investimentos, considerando o momento econômico do país e os desafios climáticos do estado. O projeto vai levar os investimentos produtivos e de água para onde haja maior probabilidade de produzir impactos sustentáveis; aprimorar o processo de seleção e apoio técnico das organizações beneficiárias; e dar ênfase a grupos vulneráveis, incluindo povos indígenas, mulheres e jovens.”

Interconexão
O projeto vai além dos esforços para aumentar a produção e a competitividade dos agricultores familiares: buscará maior interconexão entre as atividades produtivas e a expansão dos serviços de água. Também tem o objetivo de investir em sistemas de água integrados, reúso e módulos sanitários domiciliares para atendimento às comunidades rurais.

Finalmente, a nova iniciativa pretende fortalecer a coordenação entre as instituições do estado. Assim, elas poderão melhorar a qualidade e sustentabilidade dos serviços públicos no campo.

Além da nova iniciativa rural, o Banco Mundial implementa com o Ceará projeto para melhorar a segurança hídrica em todo o estado. E, com o município de Fortaleza, um projeto para recuperação de espaços urbanos. Com ONU News

Don`t copy text!