Estudantes são detidos pela PM em protesto no Rio

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Um grupo de 17 estudantes universitários foi detido pela Polícia Militar durante protesto contra a privatização da Companhia Estadual de Águas e Esgoto (Cedae), na tarde desta segunda-feira (20), no centro do Rio de Janeiro.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Policiais do Batalhão de Choque obrigaram os jovens a deitar na calçada, com o rosto virado para o chão. Segundo os policiais, o grupo estava jogando pedras e bombas contra a tropa.

No entanto, testemunhas contestam a versão da PM. “Eles não jogaram nada. Eles são da UERJ [Universidade Estadual do Rio de Janeiro], não são black blocs. Isto é uma arbitrariedade”, disse a advogada Elza Braz, integrante da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Alguns manifestantes se aproximaram do espaço onde estavam os jovens para pedir a libertação do grupo e os policiais responderam com bombas de gás lacrimogêneo, de efeito moral e tiros de bala de borracha para dispersá-los. Os universitários foram levados em um micro-ônibus da PM para uma delegacia de polícia da região. Com Agência Brasil

PUBLICIDADE
Don`t copy text!